Enorme asteroide aparecerá como uma estrela se movendo lentamente em abril

Tempo de leitura: 2 min.

O asteroide 1998 OR2 é a maior rocha espacial prevista para passar próximo da Terra em abril deste ano, e até os amadores poderão vê-lo no céu.

Enorme asteroide aparecerá como uma estrela se movendo lentamente em abril

Um asteroide imenso fará uma breve passagem pela Terra em abril e, embora seja considerado “potencialmente perigoso” para os astrônomos, o único show que ele fará nos próximos séculos será no céu noturno.

Acredita-se-se que o asteroide 1998 OR2 tenha até 4,1 km de diâmetro, o que o tornaria comparável a uma montanha de tamanho decente em muitas partes do mundo.

Felizmente, quando fizer sua próxima aproximação em 29 de abril, passará a uma distância muito segura de 6 milhões de quilômetros.

Ainda assim ele é considerado potencialmente perigoso, porque o Centro de Estudos da Terra Próxima da NASA classifica qualquer coisa razoavelmente brilhante que esteja a cerca de 7,4 milhões de quilômetros da Terra como tal.

Isso significa que existem muitos asteroides potencialmente perigosos por aí que conhecemos e praticamente nenhum deles é um risco real para os seres humanos a qualquer momento.

Mas o 1998 OR2 ainda é uma grande arma – o maior asteroide que voará próximo ao nosso planeta em 2020, na verdade – o que significa que pode ser visível no próximo mês até para astrônomos amadores.

O embaixador do sistema solar da NASA, Eddie Irizarry, escreve para o EarthSky:

Observadores com telescópios de pelo menos 6 ou 8 polegadas (o número indica o tamanho do espelho primário) verão o asteroide (muito lentamente) se movendo na frente das estrelas.

Irizarry oferece dicas mais detalhadas para detectar a rocha espacial aqui.

Se você não tem um telescópio grande o suficiente para fazer sua própria observação, o Virtual Telescope Project, com sede em Roma, irá transmitir sua passagem ao vivo, que começará em 28 de abril. A VTP já está seguindo o 1998 OR2 e pegou esta imagem dele se aproximando:

Enorme asteroide aparecerá como uma estrela se movendo lentamente em abril

E se você perder a data, essa enorme rocha fará um sobrevoo ainda mais próximo (mas ainda totalmente seguro) em 2079.

Outras grandes rochas espaciais chegarão perto o suficiente para observações em 2024 e 2027.

Em 2029, o mega-asteroide Apophis (que na verdade é um pouco menor que o 1998 OR2) fará uma passagem que já foi motivo de preocupação. Desde então, foi determinado que o Apophis não representa ameaça, então aproveite o céu noturno assistindo sem medo por pelo menos mais uma década, a menos que algo ocorra sobre nós, como às vezes acontece.

(Fonte)


As rochas espaciais perigosas são aqueles que nos pegam de surpresa.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:


_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.