Homem morre tentando provar a tese da Terra plana (vídeo)

Tempo de leitura: 3 min.

O entusiasta ávido da Terra plana, que havia se lançado duas vezes no ar a bordo de foguetes de seu próprio projeto e construção, tentava um terceiro lançamento ainda mais ambicioso no sábado (22), com o objetivo de atingir uma altitude de 5.000 pés (1.500 metros), antes de voltar de paraquedas para terra firme.

Homem morre tentando provar a tese da Terra plana
Momentos antes do foguete se chocar no solo. (Captura de vídeo)

O lançamento, realizado fora de Barstow, no Condado de San Bernardino, Califórnia, começou de maneira promissora, mas as coisas pioraram quando um pára-quedas foi arrancado durante o voo.

Sem nada para impedir a queda do foguete, Hughes caiu no solo e morreu com o impacto.

Seu lançamento anterior, em março de 2018, viu dois pára-quedas desacelerarem sua descida, embora ele ainda tivesse impactado o solo com força considerável, resultando em uma pequena lesão nas costas. O objetivo final de Hughes era desenvolver seu foguete a ponto de poder ver a curvatura da Terra (ou a falta dela) usando um híbrido de foguete/balão de gás.

Cada voo sucessivo tinha sido essencialmente um trampolim para esse objetivo.

O Science Channel (que documentava seu progresso) no Twitter, escreveu:

Michael ‘Mad Mike’ Hughes faleceu tragicamente hoje durante uma tentativa de lançar seu foguete caseiro.

Nossos pensamentos e orações são transmitidos a sua família e amigos durante esse período difícil. Sempre foi o sonho dele fazer esse lançamento e o Science Channel estava lá para narrar sua jornada.

(Fonte)

Colaboração: Vários leitores, obrigado a todos.


Realmente lamentável a morte de Michel Hughs, especialmente por ele estar fazendo algo tão tolo.

Ao contrário do que ele pensava, até mesmo os cientistas mais aguçados da antiguidade sabiam que a Terra é mesmo redonda, assim como todos os outros planetas no Universo.

Os terraplanistas já se perguntaram o porquê das estações do ano, ou o porquê do Sol nascer num lado do horizonte e se por no outro? Se a Terra fosse plana, a Antártica não teria sempre a estação oposta do Polo Norte (pois de acordo com terraplanistas ela é a “beirada do mundo” e o Polo Norte está no centro). E da mesma forma, se morássemos sobre uma mesa e Sol circulasse acima de nós, ele não nasceria num lado do horizonte e se poria no outro, mas se aproximaria numa trajetória curva de um lado ficando cada vez maior, passaria acima de nós (ou quase acima) e se afastaria do outro lado, ficando cada vez menor. 

E há muitas outras formas de demonstrar que a Terra é redonda. Por exemplo, tenho um telescópio com um tripé de montagem equatorial, onde o eixo primário deve ser montado precisamente paralelo ao eixo terrestre e deve ser ajustado de acordo com a latitude que o telescópio se encontra; ou seja, indo-se mais para o norte ou para o sul o ângulo deve ser reajustado para que você possa seguir os astros que se movem no céu com perfeição. Isso demonstra a esfericidade da Terra de forma perfeita.

Telescópio com montagem equatorial mostra que sim, a Terra é redonda.

Aliás, é só observar a trajetória das estrelas próximas do horizonte durante uma noite, que é possível notar perfeitamente a Terra girando em seu eixo.

Quanto mais perto do Polo Norte ou do Polo Sul você se encontrar, o centro desse redemoinho de estrelas captado durante uma câmera no modo “time lapse” ficará cada vez mais acima do horizonte. Sim a Terra é redonda.

E, a propósito, de acordo com o site howitworksdaily.com, você deve conseguir começar a detectar a curvatura da Terra em um avião a uma altura de cruzeiro de cerca de 10.600 metros (35.000 pés), mas é necessário um campo de visão bastante amplo (ou seja, 60 graus) e um horizonte praticamente sem nuvens. A realidade é que nuvens, colinas e montanhas raramente permitem que você veja o tipo de horizonte perfeitamente desobstruído, onde a curva seria mais óbvia. Assim, a observação dos fenômenos climáticos e astronômicos é a maneira mais fácil e incontestável de saber que a Terra é redonda, sem ter que arriscar nossas vidas.

De qualquer forma, devido ao fato de muitas pessoas já estarem programadas com suas crenças na Terra plana já enraizadas em seus cérebros, provavelmente não vai adiantar nada eu ter escrito o que está acima. Mas, de qualquer forma, faço minha parte disponibilizando esta informação para aqueles que tenham a coragem de testar antes de acreditar cegamente.

Novamente, lamentável a morte de Michel Hughs.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.