Uma estranha mensagem em código morse veio de Marte

Tempo de leitura: 2 min.

Um engenheiro eletrônico recebeu uma mensagem em código morse de inteligências extraterrestres há 32 anos. Outros cientistas antes dele haviam detectado sinais vindos de Marte com a mesma codificação.

Mistérios de Marte (Fotos: NASA)

Yuri Milner, criador da iniciativa ‘Breakthrough Listen‘, um projeto de comunicação com seres de outros planetas, disponibilizou ao público um petabyte de informações do projeto SETI. Mais especificamente, os sinais coletados pelo radiotelescópio Parkes em New South Wales (Austrália) no espectro de rádio entre 1 e 12 GHz.

Um petabye é, nada menos, 1.000 teras de informação. A quantidade é tão grande que os promotores do projeto buscam a colaboração daqueles que têm uma boa dose de paciência e uma conexão à Internet sem limite de dados. Com um pouco de sorte, você encontrará os ‘marcianos’ dizendo algo.

E está sendo usada a expressão ‘marcianos’, em vez de alienígenas, porque em julho próximo será o aniversário de 32 anos do recebimento de uma mensagem misteriosa em ‘código morse’ do planeta vermelho.

Em 7 de julho de 1988, o engenheiro eletrônico Greg Hodowanec escreveu uma carta a um editor da revista Radio-Electronics, na qual mencionava ter alcançado contato definitivo com um comunicador aparentemente extraterrestre:

Na manhã desta data, das 7h30 às 19h38 (EST), gravei os seguintes pulsos de código Morse:

AAAARARTTNNNNKCNNNEEE EENENNTTTNEEEEEAEERKE NNETEEAAAAEEENTTKNTNT SESESESEMNASESESESESE SESESESE

Como você pode ver, estes não parecem ser apenas pulsos aleatórios, mas os sinais SE, que são os mais frequentes, parecem ser possivelmente um sinal de identificação.

Hodowanec esteve envolvido nas comunicações do SETI desde abril de 1988 e melhorou o sistema de comunicação gravitacional projetado por Nikola Tesla, com o qual ele obteve comunicações extraterrestres, como ele próprio confessou.

Hodowanec publicou mais detalhes em 13 de outubro de 1988:

Desde o início de agosto de 1988, observou-se que havia sinais aparentemente inteligentes nessas modulações [da radiação de fundo de microondas]. Pode-se dizer que a inteligência estava na forma de comunicação digital, por exemplo, pontos e traços, ou uns e zeros.

 Esse tipo de comunicação pode ter sido escolhido por este comunicador desconhecido, pois levou à forma de movimento massivo de sinalização longitudinal de gravidade, bem como a um sistema universal facilmente reconhecível. Esse mesmo método foi proposto pelo escritor para um método de comunicação do sistema de gravidade.

Hodowanec observou que esses ‘sinais’ eram semelhantes aos símbolos mais simples do Código Morse Internacional…

(Fonte)


É improvável que “marcianos” estejam usando código morse, até porque, de acordo com a NASA, não há vida inteligente em Marte. Mas algo foi mesmo captado por Hodowanec.

Um bom artigo que complementa as informações acima pode ser lido acessando o link abaixo:

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.