“OVNIs continuam sendo um mistério”, diz Almirante aposentado dos EUA

Tempo de leitura: 3 min.

Falando na quinta-feira (10) na conferência do Sarasota Institute of Lifetime Learning, o Chefe (aposentado) de Operações Navais, Gary Roughead, diz que os OVNIs continuam sendo um mistério.

"OVNIs continuam sendo um mistério", diz Almirante aposentado dos EUA
Almirante Gary Roughead.

O ex-chefe de operações navais dos Estados Unidos declarou na quinta-feira que os objetos voadores não identificados que pareciam ter superado os pilotos de caça da Marinha dos EUA em vídeos gravados em 2004 e 2015 permanecem um mistério.

O Almirante aposentado, Gary Roughead, disse após uma palestra em Sarasota:

Eu vi os vídeos e, pelo menos no meu tempo, a maioria das avaliações era inconclusiva quanto ao que era. Mas toda a questão da defesa contra veículos autônomos é algo que o departamento está levando muito a sério.

Três vídeos de câmeras de armas – um tirado de um F-18 designado para o USS Nimitz operando no sul da Califórnia em novembro de 2004 e mais dois de Super Hornets ligados ao USS Roosevelt durante manobras em Jacksonville, em janeiro de 2015 – foram autenticados como imagens oficiais do governo do Departamento de Defesa no ano passado.

O alvo das filmagens de 2004, apelidado de “Tic Tac” por sua forma oblonga, caiu de 80.000 pés (24.000 metros) para 20.000 pés (6.000 metros) em menos de um segundo, uma velocidade que teria destruído facilmente uma aeronave convencional. O New York Times divulgou a história em 2017 e, no verão passado, em um movimento sem precedentes, a Marinha anunciou publicamente que havia emitido novas diretrizes para seus pilotos reportarem “aeronaves não identificadas”.

Roughead comandou as frotas do Atlântico e do Pacífico antes de servir como CNO de 2007 a 2011. Agendado para uma palestra do Sarasota Institute of Lifetime Learning sobre a estratégia militar da China no século XXI, o Almirante disse que “não houve muitos” desses eventos em seu comando, mas o desenvolvimento de “aeronaves autônomas não tripuladas” permanece uma prioridade.

Ele informou:

Acho que continuaremos vendo novas tecnologias na forma de sistemas não tripulados que começarão a interferir na capacidade militar. E não estamos sozinhos. Não há dúvida de que China e Rússia querem planejar.

Sem saber o que podem ser – são fenômenos ou são veículos que alguém conseguiu estabelecer? – Eu acho que um dos grandes desafios que mais pessoas viram é, de onde eles teriam vindo? E, francamente, eu não gastei muito tempo nessa questão.

O Comandante da Marinha aposentado, David Fravor, que perseguiu o OVNI Tic Tac e contou essa experiência para o Times, também relatou um mistério relacionado ocorrendo simultaneamente debaixo d’água, embaixo do Tic Tac. Roughead disse que os sistemas de armas subaquáticas representam o próximo grande obstáculo evolutivo.

Ele disse:

Lembro-me de que havia um (OVNI), e pode ter sido depois que me aposentei, que parecia ser subaquático. Se de fato era um veículo real, como ele foi lançado e recuperado? Porque, como você sabe, não é fácil obter algo que possa executar extraordinariamente bem no ar e mergulhar na água e se tornar outra coisa. O que foi esse fenômeno, não consigo dizer.

De fato, Roughead lembrou como, em discursos públicos para empreiteiros de defesa, ele anunciou que o próximo avanço “revolucionário” será um material militar submersível, cuja fonte de energia poderia ser “mais transformadora do que as coisas autônomas no ar”. Ele comparou a escala de tais ambições às fotos da Lua da missão Apollo, que exigirão “uma tríade de negócios, governo e academia se unindo”.

Ele disse:

A aerodinâmica, a hidrodinâmica e a força necessária para poder voar e operar em profundidades, e a potência necessária para se mover em altas velocidades no ar, e então converter essa energia em algo debaixo d’água – esses são enormes desafios tecnológicos. Não há dúvida de que, no futuro da guerra, provavelmente muito depois que eu partir, veremos esse tipo de coisa começando a ocorrer.

Imagine, disse Roughead, ser capaz de estacionar tecnologia militar no fundo do oceano, praticamente não detectada, em um local estratégico, “dizer para ela dormir” indefinidamente e ativá-la quando necessário.

Mas, com um pouco de visão, acrescentou, investigações sobre esses cenários alucinantes poderiam ser usadas para construir pontes com rivais como a China.

Roughead disse:

Temos que procurar oportunidades, temos que procurar locais onde possamos unir as pessoas que se importam para dizer: OK, há uma questão tecnológica aqui, como uniremos as mentes brilhantes.

Como protegemos nossas tecnologias legítimas de segurança nacional e propriedade intelectual, mas ainda assim enfrentamos alguns dos problemas difíceis? Acho que é uma maneira de fechar algumas lacunas no caminho e trazer confiança entre as duas.

O primeiro passo para mim é: como você define em que podemos trabalhar juntos (para) remover algumas das sensibilidades e suspeitas? Até você ter essa discussão, você não fará nenhum progresso. A jornada começa com o primeiro passo.

(Fonte)

Colaboração: MaryH


Certamente, no estágio tecnológico de hoje de qualquer nação na Terra, é impossível desenvolver naves com as características mostradas pelos objetos filmados pela Marinha dos EUA. E lembre-se: o primeiro avistamento publicado pela Marinha ocorreu em 2004, há 16 anos.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:


_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.