web analytics

Betelgeuse está prestes a se tornar uma supernova ou seria algo mais?

Tempo de leitura: 2 min.

Uma das estrelas mais brilhantes do céu noturno, a Betelgeuse, exibe sinais de que sua morte explosiva pode não estar muito longe.

Betelgeuse está prestes a se tornar uma supernova ou seria algo mais?
Uma supernova tão perto seria espetacular. Crédito de imagem: CC BY 4.0 ESO / M. Kornmesser

A super gigante vermelha, que pode ser encontrada na constelação de Órion, está passando por períodos de diminuição e aumento de seu brilho há milhares de anos. No entanto, um período particularmente notável e recente de baixa intensidade tem despertado o interesse dos astrônomos que especularam que poderia ser uma indicação de que a estrela está prestes a se tornar uma supernova.

Tal evento, quando acontecer, pode fazer com que Betelgeuse pareça tão brilhante no céu que seria como um segundo Sol – embora por um período de apenas algumas semanas.

Situada a cerca de 700 anos-luz de distância, é esperado que a estrela se torne supernova em algum momento, no entanto, há muita incerteza sobre exatamente quanto tempo levará antes que isso aconteça.

Mesmo que a recente redução de intensidade seja uma indicação disso, ainda pode levar milhares de anos.

A astrônoma Yvette Cendes, do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, escreveu:

As estrelas nas fases posteriores de sua vida passam por muita variabilidade que ainda não podemos explicar completamente … Provavelmente ela ainda tem dezenas de milhares de anos, se não centenas de milhares.

Um astrofísico – Matthew Buckley, da Rutgers University – chegou a sugerir que o escurecimento poderia ser devido à construção de uma Esfera de Dyson.

Ele escreveu:

Estranho como todo mundo está se perguntando se o escurecimento de Betelgeuse significa que está se tornando uma supernova (infelizmente, improvável), mas ninguém está fazendo a pergunta real: o escurecimento é um sinal de que alguém está terminando uma esfera Dyson ao seu redor?

O conceito de Esfera de Dyson foi originalmente proposto há mais de 50 anos pelo físico Freeman Dyson, que sugeriu a possibilidade de que uma raça extraterrestre suficientemente avançada possa cercar uma estrela com uma enorme estrutura esférica e depois viver no interior da esfera…

(Fonte)


Muito interessante o fato de que mais e mais cientistas começam a considerar seriamente a possibilidade de existirem Esferas de Dyson lá fora, embora a construção de tal estrutura ao redor de uma estrela exigiria esforços de gigantesca magnitude.

Mas talvez, o que parece ser impossível para nós com a tecnologia que temos atualmente, para raças alienígenas ultra avançada não seria tão difícil assim. Afinal, uma das grandes barreiras para o contínuo desenvolvimento de uma civilização é exatamente a necessidade de conseguir energia suficiente para sustentar seu progresso.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.