A Lua pode causar um curto-circuito nos astronautas, descobre estudo

Tempo de leitura: 2 min.

Há poucas coisas mais irritantes do que atravessar um carpete com meias de lã nos pés, pegar a maçaneta da porta e sofrer um choque repentino. Há poucas coisas frustrantemente mais caras do que fazer a mesma caminhada pelo carpete, tocar um botão de um dispositivo eletrônico e observar a faísca atravessar e fritar uma placa de circuito do aparelho.

A Lua pode causar um curto-circuito nos astronautas, descobre estudo

Agora, imagine a mesma situação (sem as meias) na Lua. Acontece que o deslocamento pela superfície lunar pode gerar faíscas semelhantes que podem fritar componentes que são muito mais caros e potencialmente fatais.

A eletricidade estática impedirá as viagens espaciais? O capitão Kirk teve esse problema?

“Na falta de um campo magnético global e de uma atmosfera, a superfície lunar é eletricamente carregada pelo impacto do plasma espacial e pela emissão de fotoelétrons. A carga não foi considerada um risco sério durante as missões Apolo, porque os astronautas sempre ficaram sob a luz do sol, onde não há nenhum carregamento significativo devido à emissão de fotoelétrons. No entanto, futuras missões lunares explorarão o terminador lunar e o lado oposto, onde podem ocorrer carregamentos de alta tensão (centenas a milhares de volts negativos). Isso levanta preocupações sobre possíveis riscos de carregamento/descarga para astronautas na superfície lunar.

Centenas a milhares de volts! Essa notícia chocante foi apresentada por Joseph Wang no recente Encontro de Outono da União Geofísica Americana. Joseph é um físico de plasma da Universidade do Sul da Califórnia.

A causa da faísca é ligeiramente diferente na Lua, tornando o choque muito maior. Enquanto a Terra é protegida dos ventos solares pelo seu campo magnético, a Lua não possui nenhum, por isso é bombardeada constantemente por elétrons carregados negativamente e íons carregados positivamente. Como resultado, a superfície lunar empoeirada está eletricamente viva. Quando esse pó adere a um traje espacial, é possível fazer uma conexão com a superfície e uma carga pode fluir entre eles. Ao contrário das meias de lã, os trajes espaciais são preenchidos com equipamentos eletrônicos para suporte e exploração da vida. Uma vez que uma placa de circuito fritar … digamos que Houston seja notificado de outro problema.

Espere um minuto, você diz. Não houve relatos de que os astronautas da Apolo ficaram chocados com suas caminhadas pela Lua ou dirigindo seus jipes. Em um artigo do Gizmodo, Wang explica que os astronautas da Apolo caminhavam no lado ensolarado da Lua e os fótons da luz solar atingindo as partículas carregadas na superfície equilibram as cargas e reduzem ou eliminam o choque. Infelizmente para futuros astronautas, a NASA, como o programa espacial chinês, está mais interessada no lado oculto da Lua para futuras missões – onde há gelo para a água. O que acontece quando os astronautas entram nas sombras? E se eles pularem em uma máquina mais sofisticada do que os jipes lunares – como uma escavadeira lunar? Veremos a faísca daqui da Terra?

“Experimentos de laboratório foram realizados para medir o carregamento e o arco no material Gore-Tex do traje espacial coberto pelo simulador de poeira lunar JSC-1A. O código USC-IFEPIC (partícula na célula de elemento finito imerso) acoplado a um módulo Monte Carlo de Simulação Direta é aplicado para simular o carregamento de astronautas e o início de faísca no traje espacial. Os resultados mostram que o potencial da superfície do traje espacial depende da condição do plasma ambiente e da cobertura de poeira.”

Os testes de Wang descobriram que, quanto mais sujo o traje espacial, maiores as chances de grandes faíscas. Os 12 astronautas que caminharam na Lua voltaram com roupas sujas depois de apenas alguns dias fora do módulo. O que acontecerá quando a duração for maior?

O equipamento mais importante da Lua seria um aspirador de pó?

(Fonte)


Tenho certeza que logo irão encontrar uma solução para este problema. Sempre foi assim na história da corrida espacial.

n3m3

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

ESTUDIOSO: "A 3a GUERRA MUNDIAL COMEÇARÁ EM 2020 E DURARÁ 16 ANOS."

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.