Cientistas confusos: o campo magnético do Sol parece estar invertendo

Tempo de leitura: 2 min.
Cientistas confusos: o campo magnético do Sol parece estar invertendo

A Sonda Solar Parker da NASA fez o voo mais próximo de sempre do Sol em agosto de 2018, coletando grandes quantidades de dados usando instrumentos científicos de ponta a uma distância de 24 milhões de quilômetros – uma missão que também bateu o recorde de maior velocidade já obtida por um objeto feito pelo homem.

Agora, os cientistas estão começando a divulgar o que aprenderam com os dados coletados. Quatro novos artigos publicados na revista Nature revelam novas descobertas que podem reescrever a maneira como entendemos a forma como as estrelas nascem, evoluem e morrem. Eles também podem nos ajudar a encontrar novas maneiras de proteger os astronautas das duras condições espaciais durante viagens de longa distância através do Sistema Solar.

Stuart Bale, pesquisador principal do conjunto de instrumentos a bordo da sonda na Universidade da Califórnia, em Berkeley, disse:

A complexidade era alucinante quando começamos a examinar os dados. Agora, eu me acostumei. Mas quando mostro colegas pela primeira vez, eles ficam impressionados.

A descoberta mais surpreendente que as equipes fizeram foi que os campos magnéticos que emanavam de nossa estrela pareciam inesperadamente girar para frente e para trás, causando distúrbios locais – o que os cientistas chamaram de ‘switchbacks’ – que podem até fazer com que eles apontassem de volta ao Sol algumas vezes.

A causa disso ainda é um mistério para os cientistas, mas eles podem nos permitir entender como a energia flui para longe do Sol e por todo o Sistema Solar.

Justin Kasper, investigador principal da Universidade de Michigan, disse em comunicado:

As ondas foram vistas no vento solar desde o início da era espacial, e presumimos que mais perto do Sol as ondas ficariam mais fortes, mas não esperávamos vê-las se organizar nesses picos de velocidade estruturados e coerentes.

Os cientistas também descobriram que a radiação do Sol vaporiza partículas de poeira cósmica ao seu redor, deixando uma zona livre de poeira de 9 milhões de quilômetros.

Eles também descobriram que os ventos solares giram em torno do Sol a velocidades “quase dez vezes maiores do que o previsto pelos modelos padrão”, segundo Kasper.

A missão também marca a primeira vez que fluxos de vento solar foram observados ainda girando em torno do Sol, em vez de dispararem a uma velocidade perpendicular à estrela – o tipo de trajetórias retas que observamos da Terra.

Nicola Fox, diretor da Divisão de Heliofísica na sede da NASA, disse no comunicado:

O Sol é a única estrela que podemos examinar perto assim. Obter dados na fonte já está revolucionando nosso entendimento de nossa própria estrela e estrelas em todo o universo. Nossa pequena espaçonave está enfrentando condições brutais para enviar para casa revelações surpreendentes e emocionantes.

A sonda tentará se aproximar ainda mais do Sol durante um encontro em 29 de janeiro de 2020.

(Fonte)


Nada como novas pesquisas para desbancar as velhas teses.

E assim caminha a ciência.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.