Os termos de ufologia mais buscados na internet brasileira

Compartilhe este artigo com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Os termos de ufologia mais buscados na internet brasileira
Fonte: Unsplash.com

A ufologia tem muitos adeptos e os OVNIs são uma tema que conquistam a cada vez mais pessoas, além de gerarem muitas conversas e debates. Como todo campo de estudo, a ufologia envolve uma terminologia bastante específica que pode soar complicada a ouvidos leigos.

Pensando nisso, escrevemos este artigo explicando os termos de ufologia mais buscados na internet brasileira. Para nos ajudar nesta missão, contamos com a expertise do site Reviewbox, que nos auxiliou na busca das palavras mais buscadas.

Área 51 – Por décadas, foi um local em Nevada, nos Estados Unidos, onde se dizia que o governo dos EUA mantinha segredos sombrios sobre alienígenas e OVNIs. Hoje se sabe que a Área 51 é uma instalação das Forças Aérea dos EUA e, em 2013, a CIA desclassificou documentos que reconheciam oficialmente que a área era uma base militar secreta. Foi a primeira vez que o governo reconheceu a existência da Área 51. Segundo esse relatório, agora se sabe que a instalação foi usada para testar os programas de vigilância aérea U-2 e Oxcart.

O termo “Área 51” tem atualmente uma média de 18.000 buscas por mês na internet brasileira, segundo o portal NeilPatel.

Abdução – Os termo descreve experiências subjetivamente reais de pessoas supostamente sequestradas por figuras não humanas (alienígenas) e submetidas a experimentação física e psicológica. As alegações típicas envolvem exames médicos forçados e alguns abduzidos afirmam terem sido avisados ​​contra abusos ambientais e os perigos das armas nucleares. O conteúdo da narrativa da abdução geralmente parece variar com a cultura do suposto abduzido. Relatos de abdução acontecem em todo o mundo, mas são mais comuns em países de língua inglesa, especialmente nos Estados Unidos. A primeira abdução a ser amplamente divulgada foi o sequestro de Betty e Barney Hill em 1961.

O termo “Abdução” tem atualmente uma média de 10.000 buscas por mês na internet brasileira, segundo o portal NeilPatel.

Chupa-cabra – Criaturas que se fizeram famosas na década de 90 e seriam as supostas responsáveis por uma onda de mutilação de animais no interior de São Paulo. O nome “chupa-cabra” se deve ao fato de que as presas dessas criaturas eram encontradas sem sangue e sem qualquer vestígio de por onde o sangue pudesse haver sido extraído. Os depoimentos sobre possíveis encontros estes tipos de criatura são muitos, mas coincidem em dois pontos: patas com três dedos de grandes garras e imensos olhos vermelhos.

O termo “Chupa-cabra” tem atualmente uma média de 6.000 buscas por mês na internet brasileira, segundo o portal NeilPatel.

Blue Book Project – O Blue Book Project foi o terceiro programa de pesquisa da Força Aérea dos EUA a abordar a questão dos OVNIs. Ele trabalhou com esse nome entre 1952 e 1969, estudando cerca de treze casos, dos quais uma porcentagem notável nunca foi explicada satisfatoriamente. O líder do projeto original era o capitão Edward Ruppelt, oficial de inteligência da Base Aérea Wright Patterson em Ohio.

O termo “Blue Book Project” tem atualmente uma média de 2.000 buscas por mês na internet brasileira, segundo o portal NeilPatel.

ET de Varginha – O caso de aparição de OVNis mais famoso da história brasileira. O ET de Varginha ficou famoso em 1996, depois da queda de uma suposta nave na cidade em 13 de janeiro. O evento ganhou notoriedade após vários relatos dos habitantes, que diziam avistar criaturas estranhas de olhos vermelhos, de um metro e meio de altura, pele morena e que possuíam apenas três dedos e exalavam um forte cheio a amônia. Após a divulgação destes fatos, teve início uma perseguição para capturar três alienígenas que foram avistados no local e que causaram uma série de eventos misteriosos, como a morte de animais do zoológico e até de um policial.

O termo “ET de Varginha” tem atualmente uma média de 13.000 buscas por mês na internet brasileira, segundo o portal NeilPatel.

Caso Roswell – Um dos maiores casos da ufologia mundial diz respeito à um série de acontecimentos que ocorrem em julho de 1947 em Roswell, no estado americano de Novo México. Após extenso interesse inicial pelo “disco voador” acidentado, o Exército dos Estados Unidos declarou que a nave era simplesmente um balão meteorológico convencional. Posteriormente, o interesse desapareceu até o final da década de 1970, quando ufólogos começaram a promover uma variedade de teorias de conspiração cada vez mais elaboradas, afirmando que uma ou mais naves extraterrestres haviam aterrissado no local e que o exército havia podido recuperar os alienígenas.

O termo “Caso Roswell” tem atualmente uma média de 3.000 buscas por mês na internet brasileira, segundo o portal NeilPatel.


n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!



ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

ADORADORES USAM FACAS PARA EXPOR SEUS OLHOS EM FESTIVAL RELIGIOSO

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.