Tentando convencer um cientista de que os OVNIs são reais

Embora a própria Marinha dos EUA tenha admitido que OVNIs existem, os “professores da impossibilidade”, esses céticos de carteirinha – dentre eles alguns cientistas – se recusam a enxergar o que está na frente de seus narizes.

Tentando convencer um cientista de que os OVNIs são reais

Para ilustrar a dificuldade de incutir na cabeça dessa gente que os OVNIs são reais, o usuário do Twitter, Riz Virk, postou o que pode ter sido uma conversa real entre um ovniólogo/ufólogo e um cientistas a respeito das recentes notícias sobre o avistamento dos pilotos da Marinha dos EUA e os vídeos liberados pelo Pentágono desse OVNIs.

Veja abaixo a dificuldade desses indivíduos de encararem os fatos:

Cientista: – Esses chamados UAPs (nova sigla para OVNIs inventada pelo Pentágono) são apenas falhas de radar e são todos os vídeos exibidos. Nada mais.

Ovniólogo/Ufólogo: – Mas os pilotos também tiveram contato visual com a nave!

– Ah, então eles devem ser um fenômeno climático que os pilotos viram e identificaram de forma incorreta.

– Mas acabei de lhe dizer que os pilotos realmente viram a nave e o radar também a detectou! Você é estúpido?

– Eu não sou estúpido. Eu tenho um doutorado e ensino na Universidade de XXXXX. Você é apenas um cara louco de chapéu de papel alumínio. Ok, então provavelmente é uma nave terrestre. Os vídeos parecem exaustão de um F-18.

– Mas os pilotos da Marinha sabem como é um F-18 e como ele se move e disseram que não era isso!

– Então deve ter havido uma falha no radar ou um fenômeno climático, como eu disse anteriormente, ou uma nave militar ultrassecreta!

– Mas a marinha não saberia sobre naves militares secretas? E os militares teriam naves que desafiam as leis da física?

– Ninguém tem uma nave que desafia as leis da física. Isso não é Star Trek. Motor de dobra espacial não existe. A distância entre as estrelas é muito grande. Não poderiam ser naves extraterrestres.

– Mas você acabou de dizer que poderia ser uma nave militar extremamente secreta. Como o governo as construiu se elas desafiam as leis da física?

– Antes de nos empolgarmos, como eu disse, é mais provável a identificação incorreta de um fenômeno climático ou de um bando de pássaros ou de falhas de radar. Não há evidências aqui de que havia mais alguma coisa.

– Mas você acabou de ouvir as evidências do piloto e dos operadores de radar! Eles mostraram o vídeo. A marinha disse que é real e eles não sabem o que são. Quantas evidência mais você precisa?

Cientista: (colocando os dedos nos ouvidos) blá, blá, blá, eu não estou ouvindo .. era inversão de temperatura … bando de pássaros … nave militar secreta … blá, blá, blá…

Ovniólogo/Ufólogo: (vai embora, balançando a cabeça) – Quem diz que os phD’s não podem ser idiotas.

—-

Quanto a ciência se apega a dogmas, desprezando fatos, ela se torna religião.

Uma pena, pois os OVNIs são reais.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.