Grande avanço na busca por vida alienígena em lua de Saturno

Tempo de leitura: 2 min.


Novos tipos de compostos orgânicos foram encontrados em uma lua alienígena, diz a NASA, em um grande avanço na busca por vida extraterrestre.

Grande avanço na busca por vida alienígena em lua de Saturno
Concepção artística da sonda Cassini sobrevoando Encélado

Os compostos encontrados na lua de Saturno, Encélado, são os ingredientes dos aminoácidos, os blocos de construção da vida.

Os cientistas descrevem a descoberta como uma “peça importante do quebra-cabeça” sobre se pode haver vida em outras partes do nosso sistema solar.

Encélado é amplamente considerado um dos melhores candidatos para encontrar vida em nosso sistema solar, e é provável que a nova descoberta leve a mais empolgação sobre o que poderia estar à espreita sob sua superfície misteriosa.

A novas descoberta vem da missão Cassini da NASA, que terminou em setembro de 2017, quando a sonda voou para a superfície de Saturno. Mas antes disso, voou pelas colunas de vapor que irromperam da superfície de Encélado, enviando dados sobre elas de volta à Terra, os quais ainda estão sendo estudados pelos cientistas.

As colunas de vapor são jogadas para fora por fontes hidrotermais poderosas, que expelem material do núcleo daquela lua. Isso é então misturado com água e depois jogado no espaço como vapor d’água e grãos de gelo, que foram examinados pela nave da NASA.

As moléculas foram descobertas nesses grãos de gelo e se tratavam de compostos contendo nitrogênio e oxigênio.

Na Terra, esses compostos são ativos em reações químicas que podem produzir aminoácidos. Esses são os blocos de construção da vida e esse processo ajudou a criar todos os seres vivos na Terra.

Aqui, fontes hidrotermais semelhantes fornecem energia que alimenta essas reações importantes. Os respiradouros de Encélado poderiam estar fazendo o mesmo, ajudando a criar aminoácidos e dando origem a otimismo sobre se isso poderia ter levado a vida a florescer sob a superfície daquela lua.

Nozair Khawaja, que liderou a equipe de pesquisa da Universidade Livre de Berlim, disse:

Se as condições estiverem corretas, essas moléculas vindas do oceano profundo de Encélado podem estar no mesmo caminho de reação que vemos aqui na Terra.

Ainda não sabemos se os aminoácidos são necessários para a vida além da Terra, mas encontrar as moléculas que formam os aminoácidos é uma peça importante do quebra-cabeça.

As descobertas foram publicadas em 2 de outubro no Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

Os cientistas já descobriram grandes moléculas orgânicas complexas e insolúveis que se acredita flutuarem sobre o oceano da lua. Este novo trabalho revela que também existem os ingredientes necessários para ajudar a formar aminoácidos.

O co-autor, Jon Hillier, disse:

Aqui estamos descobrindo blocos orgânicos menores e solúveis – potenciais precursores de aminoácidos e outros ingredientes necessários para a vida na Terra.

Outro co-autor, Frank Postberg, adicionou:

Este trabalho mostra que o oceano de Encélado possui blocos de construção reativos em abundância, e é outra luz verde na investigação da habitabilidade de Encélado,

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.