NASA está intencionalmente ateando incêndios no espaço

Tempo de leitura: 2 min.


As viagens espaciais trazem muitos riscos, os quais tornam o trabalho de um astronauta muito perigoso. Com várias possibilidades, de vazamentos a falhas críticas do sistema, o risco de incêndios é certamente uma ameaça.

NASA está intencionalmente ateando incêndios no espaço
Crédito: NASA

Para uma viagem espacial mais segura, a NASA estuda o comportamento das chamas no espaço, iniciando incêndios em microgravidade.

Segundo a NASA, os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) usavam o Rack Combustion Integrated (CIR), um equipamento multiuso que pode ser usado para uma ampla gama de experimentos de combustão.

No espaço, devido à falta de gravidade, a chama queima esfericamente à medida que o gás quente se expande para longe do epicentro.

Na Terra, o gás quente queima e sobe enquanto o denso ar frio é gravitado. Isso dá origem a ambos, a forma da chama e o efeito tremeluzente que estão ausentes em condições de microgravidade.

A forma esférica das chamas no Zero G parece um enxame em expansão de vaga-lumes de um único ponto no espaço.

As experiências atuais, chamadas de Advanced Combustion via Microgravity Experiments (ACME), têm como objetivo desenvolver técnicas de combustão com baixo consumo de combustível e minimizar a quantidade de subprodutos como fuligem deixados para trás. Algumas experiências testam o uso de vários sistemas de administração para a introdução de oxigênio e outros compostos na combustão.

Um dos experimentos mais importantes realizados com o CIR foi o experimento de extinção de chamas (FLEX), de acordo com Daniel Dietrich, cientista do Glenn Research Center da NASA. O experimento analisou a eficácia dos supressores de incêndio nos quais queimaram gotículas de combustível. Os pesquisadores, durante esses experimentos, descobriram coincidentemente que as chamas frias continuavam queimando mesmo após a extinção da chama em determinadas condições.

Daniel Dietrich também disse:

As reações químicas de baixa temperatura que podemos estudar em instalações como a estação espacial são muito importantes em sistemas de combustão reais como motores.

Como os detalhes conhecidos da combustão na Terra são incompletos, esses experimentos nos ajudam a entender melhor a chama e salvaguardar todos os processos de combustão na vida diária. A NASA certamente quer assistir a chama queimar para salvar o mundo em chamas.

(Fonte)


Assista abaixo o interessante vídeo mostrando o comportamento das chamas me microgravidade:

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.