web analytics

India perde contato com módulo lunar – Pouso na Lua permanece exclusividade de 3 países

Tempo de leitura: 2 minutos


Primeiro Israel e agora a Índia, pretendiam se tornar a quarta nação a conseguir um pouso controlado .a Lua em nosso satélite.

India perde contato com módulo lunar - Pouso na Lua permanece exclusividade de 3 países

Embora a descida do módulo de pouso na Lua, Vikram – nomeado em homenagem ao pai do programa espacial indiano – tenha ocorrido conforme o planejado durante grande parte das manobras, quando estava próximo à superfície – a uma altitude de 2,1 quilômetros – foi perdido o contato, conforme anunciado pelo chefe da Agência Espacial Indiana, ISRO, Kailasavadivoo Sivanuno. “Os dados serão analisados”, disse ele.

A ISRO perdeu a comunicação com o módulo por volta das 2h20, horário local, cerca de vinte minutos após o início da manobra de pouso na Lua.

A decepção reinou na sala de controle, onde, além dos engenheiros e autoridades indianas, um grupo de jovens estudantes foi convidado a testemunhar o que teria sido um momento histórico para o gigante asiático.

 Com essa nova missão, a gigante asiática, que já enviou uma sonda em órbita à Lua em 2008 (Chandrayaan-1), quis provar que é um dos principais países no setor espacial e que sua capacidade tecnológica vai além do lançamento de satélites a preços muito competitivos.

E apesar do fracasso desta sexta-feira e longe de recuar, a Índia já anunciou planos preliminares para lançar uma terceira missão na Lua chamada Chandrayaan-3 em 2024, onde tentará pousar novamente.

A Índia estava lutando para se tornar o quarto país a pousar de forma controlada na superfície lunar, depois dos Estados Unidos, Rússia e China.

De fato, o acidente fatal de Vikram ocorreu apenas meses após a primeira missão israelense à Lua, Beresheet, ter um destino semelhante. Mas, diferentemente da Beresheet, a missão Chandrayaan-2 continuará a viver por mais algum tempo em seu orbitador lunar.

(Fonte)

Colaboração: MaryH, Lênio, Edmondo Russo


Realmente é uma lástima que a sonda indiana falhou, pois a Índia dá a impressão de ser um país muito mais comunicativo do que os outros três que já conseguiram na Lua pousar.

Se eu fosse um teórico da conspiração (e todos sabem que não sou – :D), eu diria que aqueles países que já estão presentes na Lua – e sabem muito bem o que tem por lá – não querem que ninguém mais faça parte desse clube exclusivo.

Mas é claro, isso não é verdade, pois não há nada na Lua de extraordinário. É só um satélite natural desértico … com água … com substância gel no solo … com metais preciososetc.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



Participe dos comentários mais abaixo…