Um asteroide maior que um prédio de 100 andares está passando pela Terra nesta semana

Tempo de leitura: 2 minutos


Sim, há um asteroide maior do que o prédio do Empire State nos EUA passando pela Terra. Não, não é nada para se preocupar – é realmente muito normal.

Um asteroide maior que um prédio de 100 andares está passando pela Terra nesta semana
Imagem ilustrativa comparando o tamanho do asteroide com prédios da Terra. (Imagem: SHUTTERSHOCK)

O Asteroid 2006 QQ23 está programado para dar passar próximo da Terra em 10 de agosto e, com um diâmetro estimado de 570 metros, é fácil ver porque as pessoas estão preocupadas.

Mas Lindley Johnson e Kelly Fast, do Departamento de Coordenação de Defesa Planetária da NASA, dizem que não há nada a temer. Johnson e Fast ajudam a rastrear o que eles chamam de ‘objetos próximos à Terra’, como asteroides e cometas que orbitam o Sol junto com os outros planetas.

O rastreamento desses objetos é principalmente um mecanismo de defesa, para garantir que nenhum deles esteja perto de atingir a Terra. E, no que diz respeito ao Asteroid 2006 QQ23, Johnson disse que é um asteroide de tamanho moderado e está a quase 5 milhões de milhas de distância. É ‘mais ou menos benigno’, disse ele.

Os asteroides por volta deste tamanho passam pela Terra cerca de meia dúzia de vezes por ano, disse Johnson. O asteroide 2006 QQ23 tem menos de um quilômetro de extensão, mas o maior asteroide conhecido que orbita nosso Sol tem cerca de 34 quilômetros de comprimento, embora os asteroides desse tamanho sejam raros.

Existem cerca de 900 asteroides no nosso sistema solar maiores que o Asteroid 2006 QQ23

O Programa de Observação de Objetos Próximos da NASA (Near Earth Object Observations Program), do qual a Johnson e a Fast fazem parte, catalogou cerca de 900 asteroides ao redor da Terra com diâmetro de mais de 1 quilômetro.

À medida que os asteroides diminuem de tamanho, eles se tornam mais frequentes, mas nossa atmosfera normalmente queima os menores. Isso não significa que eles não possam causar algum dano. Em 2013, um meteoro de 15 metros de diâmetro rompeu a atmosfera da Terra sobre a Rússia. Embora não tenha havido um impacto, a explosão ainda feriu mais de 1.000 pessoas.

Se algo do tamanho do Asteroide 2006 QQ23 atingisse a Terra, poderia devastar uma área do tamanho de um estado.

Mas o impacto é raro, ocorrendo talvez uma vez a cada dois ou três séculos, de acordo com Johnson. E a NASA tem a tecnologia para encontrar esses asteroides e rastrear quando eles passarem de perto pela Terra. Eles rastrearam dados de órbita do Asteroid 2006 QQ23 começando em 1901 até 2200, por exemplo.

Se, no entanto, um asteroide estivesse vindo em direção à Terra, o que representaria uma ameaça e a agência tivesse bastante alerta e capacidade, a NASA lançaria uma campanha espacial para desviar o asteroide para um caminho diferente.

Fast disse que a equipe não encontrou nada até agora que tenha uma chance significativa de atingir a Terra, mas pode haver asteroides no sistema que a equipe ainda não encontrou e catalogou.

Ela disse:

É aqueles que não sabemos que nos preocupam.

(Fonte)

Colaboração: MaryH


Muitas notícias sobre asteroides nos últimos meses. Talvez seja somente uma forma dos cientistas conscientizarem a população sobre essas rochas espaciais.

De qualquer forma, a NASA diz que poderá determinar quando um asteroide vem em rota de impacto ao nosso planeta, mas certamente não poderá fazer nada além de saber que a rocha está vindo. Ainda não há, pelo que sabemos, tecnologia avançada o suficiente para mudar a rota dessas rochas; nem as pequenas e muito menos as gigantescas.

E mais, será que a NASA informaria a população mundial se um asteroide com capacidade de exterminar grande parte da população da Terra estivesse vindo em nossa direção?

Eu apostaria que não, pois o macaco humano faz reboliço até mesmo com resultado de jogo de futebol, imagine então quando há um perigo anunciado de exterminação.

Tomara que nunca passemos por isso.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



Participe dos comentários mais abaixo…

Termos recém pesquisados por leitores: