web analytics

A Via Láctea é deformada e torcida, não plana

Tempo de leitura: 2 minutos


Nossa galáxia, a Via Láctea, é ‘deformada e torcida’, e não plana como se pensava anteriormente, mostra uma nova pesquisa.

A Via Láctea é deformada e torcida, não plana
Uma nova visão da Via Láctea: Deformada e torcida. OGLE/WARSAW UNIVERSITY

A análise das estrelas mais brilhantes da galáxia mostra que elas não estão em um plano achatado, como mostrado em textos acadêmicos e livros de ciência popular.

Astrônomos da Universidade de Varsóvia especulam que ela pode ter sido distorcida por interações passadas com galáxias próximas.

O novo mapa tridimensional foi publicado na revista Science.

A imagem popular da Via Láctea como um disco plano baseia-se na observação de 2,5 milhões de estrelas de um possível 2,5 bilhões. As impressões dos artistas são, portanto, aproximações grosseiras da forma mais verdadeira de nossa galáxia, de acordo com a Dra. Dorota Skowron, da Universidade de Varsóvia.

Ela disse:

A estrutura interna e a história da Via Láctea ainda estão longe de serem compreendidas, em parte porque é extremamente difícil medir as distâncias das estrelas nas regiões mais externas de nossa galáxia.

Para obter uma imagem mais precisa, a Dra. Skowron e seus colegas mediram as distâncias de algumas das estrelas mais brilhantes da Via Láctea, chamadas de estrelas variáveis ​​Cefeidas. Estas são jovens estrelas massivas que queimam centenas, senão milhares, de vezes mais brilhantes que o nosso próprio Sol. Elas podem ser tão brilhantes que podem ser observados na borda da galáxia. Além disso, elas também pulsam em intervalos regulares a uma taxa diretamente relacionada ao seu brilho.

Impressões de artistas que mostram a Via Láctea como um disco plano terão que ser revisadas. MARK GARLICK / BIBLIOTECA DE FOTOS DE CIÊNCIAS

Isso permite aos astrônomos calcular sua distância com grande precisão.

A maioria das estrelas foi identificada pelo OGLE (Optical Gravitational Lensing Experiment) no Observatório Las Campanas (LCO) no deserto do sul do Atacama (Chile). Przemek Mroz, membro da equipe OGLE, disse que os resultados foram surpreendentes:

Nossos resultados mostram que a galáxia da Via Láctea não é plana. Ela é deformada e torcida longe do centro galáctico. A deformação pode ter acontecido no passado por interações com galáxias satélites, gás intergaláctico ou matéria escura (material invisível presente em galáxias sobre as quais pouco se sabe).

Os resultados poloneses apoiam uma análise das estrelas Cefeidas variáveis ​ publicadas em fevereiro na revista Nature Astronomy por astrônomos da Universidade Macquarie na Austrália e da Academia Chinesa de Ciências

(Fonte)

Colaboração: NINGUEM


Pois é, nem a nossa galáxia que “juravam” que era plana, parece ser assim. 🙂

Sem mais,

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários mais abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como ‘inapropriados’, acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.