web analytics

Você está sendo preparado para o contato extraterrestre, quer saiba ou não

Tempo de leitura: 3 minutos


Os OVNIs se tornaram mainstream em 2019, a próxima pergunta é quem os tripula?

Você está sendo preparado para o contato extraterrestre, quer saiba ou não

A grande mídia, e as agências que as dirigem, ocultaram a verdade sobre os OVNIs por décadas e finalmente mudaram sua história sobre isso neste ano.

Dado que sabíamos que os OVNIs eram reais por muitas décadas antes, e que também sabíamos que os ETs estavam envolvidos em todo este fenômeno, vamos realmente esperar muitas décadas mais para o mainstream admitir que os ETs também são reais? Ou vamos começar a ouvir o que a mídia independente vem dizendo há décadas?

A humanidade está se preparando para o contato em massa. Essa é uma verdade contundente, mas inegável quando você olha como as massas estão interessadas e famintas por conteúdo relacionado a esse assunto.

Alguns dos conteúdos mais assistidos, lidos e pesquisados ​​na Internet, Netflix e YouTube estão relacionados a ETs e OVNIs. Claro, alguns ainda podem estar no armário sobre isso, mas isso está mudando rapidamente!

Mas por que isso tem sido um segredo por tanto tempo? A verdade é que o fato do maior segredo por trás da revelação dos ETs e OVNIs ter sido suprimido é algo que não é tão discutido assim. Normalmente ouvimos falar de coisas como supressão de tecnologia, especificamente sistemas de energia. Como essas naves chegam aqui? Quais sistemas de propulsão elas usam? Essas questões levam as pessoas à realidade de que as tecnologias de fabricação de OVNIs acabariam por atrapalhar tanto a nossa oligarquia energética de combustíveis fósseis que também colapsaria nossas economias de algumas maneiras.

Claro, isso não seria uma coisa tão ruim. Por quê? Porque quando você considera que isso significaria ter energia infinita e ‘livre’, o custo dos produtos cairia drasticamente. Não apenas isso, mas, quando você começa a examinar a facilidade na criação de sistemas baseados em abundância, torna-se incrível considerar o que é realmente possível.

Um suprimento infinito de comida cultivada localmente, em todo lugar! Energia infinita, instalada em todo lugar! Carros e instalações de construção que não criam poluição. Poderíamos essencialmente viver em uma sociedade construída de tal forma que não precisaríamos ser escravizados pelo dinheiro ou pela dívida, porque a abundância simplesmente se tornaria um acontecimento natural de uma sociedade construída com tecnologia abundante, que é harmoniosa. Todos podemos ver o valor de tais divulgações e a razão pela qual isso seria acobertado. Mas há algo ainda mais profundo.

O Maior Segredo

A questão é, se sabemos que essas tecnologias existem e estão sendo suprimidas. E se sabemos que denunciantes e pessoas já fizeram engenharia reversa ou construíram essas coisas, e nem todas foram mortas ou ameaçadas, qual é a razão pela qual essas coisas são retidas? Por que ainda negamos essas realidades em massa?

A verdade é que tudo se resume à consciência. Temos dito isso desde o início do CE em 2009: as soluções estão lá, mas elas não virão até que a humanidade esteja pronta. O que realmente significa estar pronto? Isso significa crescer o suficiente como uma raça, que podemos realmente ser responsáveis ​​por aquilo a que teremos acesso. Não apenas isso, mas sermos capazes de dizer que nos ‘graduamos’ em certo sentido, para dizer que estamos além de nossos velhos hábitos.

Embora isso soe como sentenças pesadas, e elas são de certo modo, tudo o que realmente está sendo dito aqui é que a humanidade tem estado presa em um ciclo de experiência onde continuamente vemos tudo e todos como separados de nós. Somos indivíduos, vivendo nossas identidades e vidas, e estamos simplesmente aqui para sobreviver. Acreditamos nas ideias limitantes do que nossa realidade é e deveria ser e, assim, criamos conscientemente essa realidade. Nossa crença coletiva sobre como o nosso mundo deveria ser está diretamente ligada ao que realmente acontece.

Mas há esse sentimento profundo dentro de nós neste momento, e eu sei que você sente isso, onde estamos começando a questionar profundamente nossas maneiras. Como tratamos uns aos outros, nossos sistemas políticos, a manipulação e controle da elite que existe, a realidade existencial de quem somos e como somos verdadeiramente apenas consciência, todos conectados. Essas questões profundas nos pedem para explorar quem realmente somos e porque estamos realmente aqui. E muitos de nós estão fazendo isso. Isso está começando a criar instabilidade e mudança em nosso sistema, porque a consciência que sustenta nosso mundo antigo está começando a rachar e uma nova está surgindo.

Contato: diz respeito a nós.

Estamos nos preparando para “O Contato”. Isso não está acontecendo por meio de outra pessoa, é um fenômeno coletivo que é simplesmente o próximo estágio da jornada da humanidade. À medida que nossa consciência continua a mudar, através de realmente fazermos nosso próprio questionamento, mudando nossos próprios padrões, hábitos, pensamentos e ações, começaremos a verdadeiramente criar as soluções necessárias para um mundo onde possamos prosperar. E a divulgação de tecnologias surgirá. Tudo se resume a NÓS termos que fazer esse trabalho, não os governos, não alguém vindo para nos salvar.

Trata-se de criar uma população inteira com a mentalidade de ser realmente fortalecida e auto-responsável, em oposição à governança necessária e sentindo-se impotente.

É por isso que a maior razão pela qual a realidade ET é tão suprimida se reduz à consciência, porque com uma introdução à vida ET, vem toda uma miríade de experiências a que não fomos expostos…

(Fonte)

Colaboração: SENAM

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


Você está pronto para o contato extraterrestre?

Ao contrário do que muitos pensam, ele não virá com data marcada. Mas ele um dia certamente virá.

Termos recém pesquisados por leitores: