SpaceX lança vídeo impressionante de parte de foguete retornando à Terra

Tempo de leitura: 2 minutos

Recentemente, a SpaceX lançou um vídeo impressionante mostrando a carenagem de carga do foguete Falcon Heavy mergulhando de volta na atmosfera.

SpaceX lança vídeo impressionante de parte de foguete retornando à Terra
SpaceX lança vídeo impressionante de parte do foguete retornando à Terra (Crédito da foto: Twitter)

Em 25 de junho deste ano, a SpaceX de Elon Musk lançou um dos foguetes mais poderosos do mundo, o Falcon Heavy, para o espaço. Ele levou 24 satélites em órbita da Terra.

No entanto, algumas partes do Falcon Heavy estavam destinadas a voltar à Terra, incluindo a carenagem de carga que protegia os satélites das forças extremas de um lançamento de foguete.

Em um tweet, a SpaceX orgulhosamente lançou um vídeo dando aos entusiastas uma visão do retorno da Terra. Junto com o vídeo, dizia:

Vista da carenagem durante a missão do STP-2; quando a carenagem retorna à Terra, o atrito aquece as partículas na atmosfera, que aparecem em azul brilhante no vídeo.

Capturar um dos seus cones de foguetes durante uma missão real é um marco particularmente importante para a SpaceX. A carenagem funciona como um cone para o foguete e protege a carga que está sendo lançada para fora do planeta. Uma vez que o foguete tenha perfurado a atmosfera da Terra, a carenagem é descartada e volta para a Terra.

É uma vida curta para a carenagem, mas é cara.

Segundo a cnet.com, a carenagem custa cerca de US$ 6 milhões. Assim, em vez de fabricar uma nova carenagem a cada vez, é melhor reutilizá-las.

O barco de recuperação de carenagem da SpaceX, recentemente rebatizado de “Mr. Steven” para “Ms. Tree”, é equipado com uma rede gigante para pegar a carapaça do foguete enquanto desce sob um parapente. A captura da carenagem em 25 de junho mostrou que há uma promessa para o método preferido de recuperação da SpaceX.

Em outro tweet, Elon Musk postou um vídeo mostrando o pouso da carenagem na rede da Ms. Tree.

(Fonte)


Abaixo, o vídeo da reentrada da carenagem do foguete, seguido pelo vídeo da rede do navio capturando-a: