web analytics

Submarino russo possivelmente enviado para cortar cabos da Internet

Tempo de leitura: 2 minutos
Submarino russo possivelmente enviado para cortar cabos da Internet

Acompanhando o artigo publicado aqui no OH esta madrugada, outras fontes estão comentando algo estranho a respeito do submarino russo que incendiou, matando 14 marinheiros.

Na segunda-feira (1), um submarino russo pegou fogo durante uma missão, matando 14 marinheiros a bordo. Mas o público não ficou sabendo do incidente até o dia seguinte, quando a Rússia finalmente divulgou uma declaração sobre o acidente – embora dois dias depois do evento, o país ainda não tenha dito exatamente que tipo de submarino pegou fogo ou se era movido a energia nuclear.

Uma possível razão para o silêncio da Rússia? Múltiplas fontes estão alegando que o submarino era um “Losharik” AS-12, um submarino movido a energia nuclear que alguns especulam ter sido projetado para cortar os cabos submarinos que entregam a Internet para o mundo.

Missão de espionagem

Os canais de mídia russos RBC e Novaya Gazeta citaram fontes anônimas que afirmam que o submarino era um Losharik e, embora o submarino esteja em operação desde 2003, a Rússia nunca saiu e declarou seu propósito oficial.

No entanto, isso não impediu os EUA e outros funcionários ocidentais de conjecturar sobre isso.

Durante anos, eles alertaram que a Rússia vem inspecionando cabos submarinos, e especialistas chamaram o Losharik como possivelmente desempenhando um papel em futuras missões para interromper esses cabos.

Situação da radiação

É claro que há outra razão possível para a falta de abertura da Rússia em relação ao incidente de segunda-feira: se o submarino russo era um Losharik, isso significa que uma aeronave movida a energia nuclear acabou de pegar fogo.

Na terça-feira, as autoridades norueguesas informaram que não detectaram nenhuma radiação anormal na área do incêndio. Mas o fato de que a própria Rússia não divulgou uma declaração semelhante é motivo de séria preocupação, segundo o site de notícias russo The Bell.

“Quase um dia sem informações sobre o acidente em uma instalação nuclear e a necessidade de olhar para as declarações norueguesas sobre o nível de radiação deveriam ter causado um arrepio àqueles que se lembram da usina nuclear de Chernobyl”, escreveu o site sobre o incêndio, de acordo com a Reuters.

(Fonte)

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


Há muitas informações conflitantes sobre este incidente e, como de costume, muito acobertamento da verdade.

Quanto ao submarino russo, está confirmado o evento do incêndio e a morte dos 14 marinheiros, embora as circunstâncias não estejam claras, pois mesmo com uma declaração oficial do governo russo, sabemos muito bem que eles não contariam a verdade sobre a missão do submarino.

Quanto ao suposto afundamento do submarino dos EUA, nenhuma notícia além da publicada aqui nesta madrugada, que pode ter sido uma distorção dos fatos… ou não. De qualquer forma, aquela notícia diz que o submarino estadunidense foi afundado perto do Alasca, e o evento com o submarino russo ocorreu perto da Noruega.

Vamos ficar alertas para mais notícias.

Termos recém pesquisados por leitores: