web analytics

Chuva de meteoros Táurida pode apresentar riscos à Terra nos próximos dias

Tempo de leitura: 2 minutos


Um novo estudo da Western University (Austrália) postula que um enxame de meteoros que se aproxima pode de fato representar um risco existencial para a Terra e seus habitantes neste verão (inverno no hemisfério sul).

Chuva de meteoros pode apresentar riscos
Meteoro que explodiu no céu sobre a Austrália em 21 de maio de 2019.

Ao considerar catalisadores para colisão catastrófica, existem duas principais fontes Objetos Próximos da Terra (de sigla em inglês NEOs, para Near Earth Objects), como asteroides e meteoroides, e intrusos do sistema solar externo, que são tipicamente cometas.

O chuva de meteoros Táurida é uma terceira fonte potencial de risco que fornece probabilidades de possíveis impactos catastróficos.

Um impacto quase catastrófico aconteceu este mês na Austrália, quando um meteoro desgarrado quase caiu na costa da Austrália, atingindo a Grande Baía Australiana com a força de uma bomba nuclear.

De acordo com a Express.co.uk, o incrível meteoro iluminou o céu noturno ao passar pela costa sul da Austrália na terça-feira, 21 de maio.

De acordo com o Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra (de sigla em inglês, CNEOS), da NASA, o meteoro entrou na atmosfera a 11,5 km por segundo.

O meteoro então se rompeu parcialmente e caiu nas águas da Grande Baía Australiana, a cerca de 300 quilômetros a oeste-sudoeste do Monte Gambier. Antes disso, porém, a bola de fogo liberou energia suficiente no céu para igualar uma “pequena bomba nuclear”.

A NASA disse que o meteoro entrou na atmosfera com a força de 1,6 quilotoneladas de TNT, o que está na faixa de uma pequena arma nuclear, mas porque explodiu a uma altitude de 31,5 km não causou nenhum dano.

(Fonte)

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


É por essas e outras que a NASA recentemente fez um treinamento de preparação para quando uma grande rocha espacial entrar na nossa atmosfera. O risco de impacto de meteoro com nosso planeta não é brincadeira e pode acabar o modo de vida que levamos hoje, ou pior, exterminar a vida na Terra.

Espero não estar mais vivo quando (e não se) isso acontecer.

Termos recém pesquisados por leitores: