Grande bola de fogo voa sobre o Mediterrâneo

Compartilhe este artigo com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

O fenômeno ocorreu como resultado da entrada na atmosfera da Terra de uma rocha vinda de um asteroide a uma velocidade de cerca de 65.000 quilômetros por hora.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Grande bola de fogo voa sobre o Mediterrâneo
Imagem meramente ilustrativa

Os detectores que operam no âmbito do projeto SMART da Universidade de Huelva registaram a passagem de uma bola de fogo sobre o Mar Mediterrâneo, a uma velocidade de 65.000 quilômetros por hora.

Segundo foi informado no domingo (14) o principal investigador do projeto SMART, o professor do Onubense, José María Madiedo, através da rede de observação Meteoroides.net, esta bola de fogo foi gravada às 3h da manhã do dia anterior.

A bola de fogo começou a uma altura de cerca de 85 quilômetros da costa do Marrocos, de onde continuou em direção ao nordeste, para terminar a uma altitude de cerca de 31 quilômetros acima do mar. Devido à sua grande luminosidade, a bola de fogo foi vista a mais de 500 quilômetros de distância.

Este evento foi registado pelos detectores do projeto SMART (Universidade de Huelva-Espanha) que operam no âmbito da Rede de Vento e Meteoros do Sudoeste da Europa (SWEMN) dos observatórios astronômicos de Calar Alto (Almería), Sierra Nevada (Granada ), La Sagra (Granada), La Hita (Toledo), Sevilha e Huelva.

(Fonte)


Muitas rochas espaciais entraram em nossa atmosfera nas últimas semanas, inclusive uma que foi vista no estado do Rio Grande do Sul, na sexta-feira, dia 12.

Aproveito a oportunidade para esclarecer a respeito de um erro comum sendo cometido até mesmo por jornalistas profissionais. Muitas pessoas usam o termo meteorito para descrever qualquer estado da rocha espacial, mas esta classificação não pode ser usado para todas as circunstâncias. Veja abaixo a forma correta de classificar um rocha espacial antes de entrar na atmosfera terrestre, durante sua travessia na atmosfera e depois que caiu no solo:

Meteoroide: Rocha espacial viajando pelo espaço, sem ter entrado na atmosfera terrestre.

Meteoro: Rocha espacial viajando pela atmosfera terrestre, geralmente incandescente, comumente chamada de bólido ou bola de fogo.

Meteorito: Rocha espacial que já caiu no solo.

De qualquer forma, aparentemente alguém lá em cima “abriu a caçamba” de rochas, pois são muitas caindo nos últimos meses.

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PROFECIA? UM VÍRUS CHAMADO WUHAN-400 APARECE EM ROMANCE DE 1981

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.