web analytics

Cientistas descobrem nova espécie humana

Tempo de leitura: 1 minuto

Os cientistas descobriram os restos fósseis de uma espécie extinta de humanos em uma caverna nas Filipinas.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Cientistas descobrem nova espécie humana
Foto meramente ilustrativa

Acredita-se que esse ancestral humano tinha cerca de 1,2 metros de altura e era bem adaptado para subir em árvores, sendo chamado de Homo luzonensis, por ter sido encontrado na ilha Luzon.

A descoberta complica ainda mais a árvore genealógica humana no Sudeste Asiático, onde se acredita que havia pelo menos três espécies distintas de humanos ao mesmo tempo.

As espécie recém-descoberta exibe uma mistura intrigante de características modernas e arcaicas, sugerindo que alguns de nossos primeiros ancestrais na África podem ter feito a viagem para o Sudeste Asiático muito antes do Homo erectus deixar o continente cerca de 1,9 milhão de anos atrás.

Caverna onde foi encontrado fóssil. Credito: El País

O fato de que Luzon só é acessível por mar também levanta outras questões.

Os cientistas dataram os restos mortais do Homo luzonensis entre 50.000 e 67.000 anos, o que significa que ele compartilhou o planeta tanto com os humanos modernos quanto com os neandertais.

Também acredita-se que a própria ilha também tenha sido habitada por outra espécie – os denisovanos.

O que acabou sendo responsável pela extinção do Homo luzonensis, no entanto, permanece incerto.

(Fonte)

Colaboração: NINGUEM


E este é mais uma peça do complexo quebra-cabeças da nossa origem. Um protótipo que não deu certo?

Ainda temos um longo caminho à frente para descobrir nossas reais origens

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

Termos recém pesquisados por leitores: