web analytics

Grupo científico libera análise completa sobre encontro de OVNIs com Marinha dos EUA

Tempo de leitura: 3 minutos

O OVNI Hoje já havia noticiado há algum tempo, que um grupo de cientistas, ex-militares e funcionários responsáveis ​​pela aplicação da lei e outros profissionais nos EUA haviam formado a Scientific Coalition for Ufology (Coalizão Científica para a Ovnilogia), que foi um grande passo para o estudo dos OVNIs, com o devido rigor científico.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Grupo científico libera análise completa sobre encontro de OVNIs com Marinha dos EUA

Agora, este grupo científico liberou um relatório científico completo daquele que foi o encontro com OVNIs pela Marinha dos EUA que acabou comprovando sem sombra de dúvidas para a mídia e o meio científico que esses misteriosos objetos são reais, e não parte da imaginação fértil de malucos.

O trabalho sobre a pesquisa é apresentado da seguinte forma no site da SCU:

Organização de pesquisa OVNI baseada em ciência faz declaração pública sobre o projeto OVNI do Departamento de Defesa.

O pesquisador foi informado de que “não existem registros do governo” apesar do recente lançamento do vídeo Nimitz UFO.

A Coalizão Científica para Ovnilogia (SCU) endossa o estudo científico do fenômeno OVNI e acredita que todas as informações relativas a objetos aéreos não identificados devem ser divulgadas para que possam ser adequadamente analisadas pela comunidade científica. A recente revelação do The New York Times de que o Departamento de Defesa vem investigando fenômenos aéreos não identificados, comumente referidos como OVNIs, desde 2007, demonstra que, apesar das declarações oficiais do governo dos EUA em contrário, o fenômeno OVNI é considerado um assunto sério.

O SCU apóia a divulgação pública de pesquisas sobre o fenômeno OVNI e apóia um estudo acadêmico do fenômeno. Um caso examinado pelo DoD (sigla em inglês para Departamento de Defesa) produziu um vídeo de um F-18 SuperHornet que fazia parte do grupo do porta-aviões USS Nimitz. Solicitações através da Lei de Liberdade de Informação (FOIA) para a Marinha por um membro da SCU sobre este mesmo incidente foram atendidas com declarações de negação. A divulgação deste vídeo é a prova de que o governo reteve informações sobre o incidente. É hora de entregar as informações para a comunidade científica.

A SCU é uma organização de pesquisa composta em grande parte por cientistas, ex-oficiais militares e policiais com experiência técnica e experiência em investigação. A SCU está atualmente examinando o material liberado pelo Programa de Identificação de Ameaças Avançadas de Aviação (dentro do Departamento de Defesa, conforme identificado nos relatórios de mídia) com o objetivo de identificar os objetos desconhecidos ou adicionar informações sobre as características desses objetos. Material sobre objetos não identificados de instalações militares é muito raro nos últimos anos. A SCU tem experiência com vídeo infravermelho similar em uma investigação exaustiva conduzida em um caso em Porto Rico. Os recursos e conhecimentos adquiridos nessa investigação serão utilizados nesse exame e os resultados serão compartilhados com o público. Os seguintes afiliados da SCU endossaram a seguinte declaração:

Sra. Lakita Adams, BA Inglês
Sr. Morgan Beall, BS Ciência da Terra
Sr. Simon Brookes, Bsc Ciência do Solo
Dr. Timothy Brigham, Ph.D Psicologia
Dr. Thomas E. Bullard, Ph.D Folclore
Sr. Larry Cates, BS Matemática
Sr. James E Clarkson, Sargento Detetive de Polícia (Aposentado)
Sr . Keith Conroy, BS Engenharia Elétrica
Sr. Marc D’Antonio, BS Astronomia
Sr. Daniel Erickson, Major do Exército dos EUA (Reformado)
Dr. Erol Faruk, Ph.D Química
Sr. Clint P. Garrison MBA/MSc Tecnologia da Informação
Sr. Richard Hoffman, Analista de Sistema Senior, Exército EUA
Sr. Ralph Howard, MS Geologia
Sr. Doug Kimzey, BSEE Engenheiro de Software
Dr. Paul Kingsbury, Ph.D Geografia
Sr. Charles Lamoureux, RN, Gerente
Dr. Thomas McNear, Oficial de Inteligência do Exército
Sr. Carl Paulson, BS Física, Tokamak Reactor Design
Sr. Robert Powell, BS Química
Sr. Kevin D Randle, Tenente Coronel EUA (Reformado)
Dr. Peter Reali, MS Engenheiro Elétrico
Dr. S. Peter Resta, Ph.D Desenvolvimento Humano
Dr. Mark Rodeghier, Ph.D Sociologia
Sr. Alejandro Rojas, BA Psicologia Organizacional
Sr. Chris Rutkowski, Educador em Ciências
Dr. Michael Swords, Ph.D História da Ciência e Tecnologia
Sr. Tim Thompson, Capitão da Marinha dos EUA (Reformado)
Dr. Gregory Vasquez, Ph.D Química
Sr. William W Walker, Médico da Saúde-radiação

Contato: SCU Public Relations
Email: explorescu@gmail.com

Abaixo pode ser lido o artigo anunciando o relatório que tem 250 páginas:

Em 14 de novembro de 2004, o Carrier Strike Group Eleven (CSG 11) da Marinha dos EUA, incluindo o porta-aviões nuclear USS Nimitz e o cruzador de míssil USS Princeton, estavam realizando um treinamento na costa sul da Califórnia, quando os sistemas de radar detectaram 20 veículos aéreos anômalos (VAAs). Estes VAAs foram considerados um risco de segurança para um próximo exercício aéreo e o Capitão do USS Princeton ordenou uma interceptação com dois jatos da Marinha F/A-18F. Este artigo examina o subconjunto publicamente disponível desses dados: Informações de testemunhas oculares dos pilotos e operadores de radar; liberações de quatro documentos da Marinha através da Lei de Liberdade de Informação; e uma Agência de Inteligência da Defesa divulgou um vídeo feito por um jato F / A-18F usando um AT / ATQIR (Advanced Targeting Forwarding Infrared). A liberação de todos os registros da marinha associados a este incidente para permitir uma investigação completa, científica e aberta é altamente recomendada.

O relatório completo, em inglês, pode ser lido clicando aqui.

Também, vale ressaltar que o OVNI Hoje havia publicado em novembro de 2018 um vídeo mostrando o que ocorreu nesse espetacular encontro entre a Marinha dos EUA e OVNIs, contudo a legenda do mesmo era deficitária, pois era gerada automaticamente por software do YouTube. Porém, o mesmo vídeo está agora disponível no canal João Marcelo, com legenda em português, o qual pode ser assistido abaixo:

O segundo vídeo, com o depoimento de novas testemunhas, também foi publicado aqui no OH, contudo não conta com nenhum tipo de legenda.

Outros relatórios do grupo científico podem ser acessados clicando aqui.