web analytics

São encontradas centenas de estrelas que podem ter planetas como a Terra em órbita

Tempo de leitura: 2 minutos

Quatrocentas e oito estrelas foram catalogadas que podem ser orbitadas por planetas do tamanho da Terra e podem receber radiação similar.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

São encontradas centenas de estrelas que podem ter planetas como a Terra

Antes de 1995, o ano em que o primeiro exoplaneta foi descoberto, só sabíamos que havia planetas em nosso sistema solar. Quase duas décadas depois, 4.000 exoplanetas foram descobertos. Existem quase 3.000 candidatos mais possíveis. A NASA estima, desde a primeira descoberta do exoplaneta, que o número de exoplanetas conhecidos dobrou a cada 27 meses desde então.

À medida que o número de exoplanetas aumenta, aproxima os cientistas da compreensão se existe outro planeta semelhante à Terra em nosso universo e, se houver, se pode hospedar a vida. Isso faz parte da missão do Transiting Exoplanet Survey Satellite, comumente conhecido como TESS.

Na semana passada, uma equipe de astrônomos da Cornell, Lehigh University e da Vanderbilt University publicou um artigo no Astrophysical Journal Letters identificando um catálogo detalhado chamado “TESS Habitable Zone Star Catalog”, de 1.822 estrelas potenciais, onde os planetas semelhantes à Terra poderiam existir e o TESS poderia detectar.

Padi Boyd, cientista do projeto TESS na NASA, diz que este catálogo é importante porque sintetizou os dados a ponto de poder ser peneirado a mão pelos cientistas. Isso permite que eles procurem sinais de uma forma que a automação de computadores pode não.

Boyd disse:

O que torna este catálogo um pouco diferente, é que ele olha para todas as estrelas que o TESS pode ver e procura por um subconjunto daquelas estrelas em torno das quais o próprio Tess seria capaz de detectar o trânsito de um pequeno planeta, um ou dois pequenos trânsitos, e esse planeta estaria na zona habitável de sua estrela.

É pegar o catálogo que já temos e selecionar para o que algumas pessoas considerariam ser as estrelas mais interessantes em torno das quais procurar por planetas.

Esses são os planetas que estariam em uma zona habitável dessas estrelas. Uma zona habitável significa que um exoplaneta está a uma distância suficiente da estrela do seu sistema solar, como o nosso Sol, onde a água poderia existir no estado líquido na superfície de um planeta. O modo como o TESS observa o céu é procurando as estrelas apenas nos próximos cem anos-luz, permitindo-o reunir mais informações críticas para fazer observações posteriores.

Agora, com o novo catálogo, os pesquisadores têm uma ideia melhor de onde a TESS deve estar procurando. Para aqueles que estão interessados ​​em saber se existe vida em outras partes do universo, este é mais um passo em direção a encontrar uma resposta.

Lisa Kaltenegger, autora do estudo, professora de astronomia na Faculdade de Artes e Ciências e diretora do Instituto Carl Sagan, de Cornell, informou em comunicado:

A vida pode existir em todos os tipos de mundos, mas o tipo que conhecemos pode sustentar a vida, então faz sentido procurar primeiro por planetas como a Terra.

Este catálogo é importante para o TESS, porque qualquer um que trabalhe com os dados quer saber em torno de quais estrelas podemos encontrar os análogos da Terra mais próximos.

O catálogo também identificou 408 estrelas que podem ser orbitadas por planetas do tamanho da Terra e podem receber quantidades similares de radiação que a Terra recebe do Sol.

Kaltenegger disse:

Tenho 408 novas estrelas favoritas. É incrível que eu não precise escolher apenas uma; agora posso pesquisar centenas de estrelas.

Não sabemos quantos planetas o TESS encontrará em torno das centenas de estrelas em nosso catálogo, ou se serão habitáveis. Alguns estudos indicam que existem muitos planetas rochosos na zona habitável de estrelas frias, como as do nosso catálogo.

(Fonte)


Será que alguém, em sã consciência, pode afirmar que só existe vida na Terra?

Impossível é não haver vida fora daqui.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS: