web analytics

Cientistas planejam construir uma estação espacial dentro de um asteroide

Tempo de leitura: 2 minutos

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Pesquisadores que planejam minerar asteroides pelos seus tesouros de minerais raros e preciosos querem construir uma estação espacial DENTRO de uma dessas rochas espaciais.

Cientistas planejam construir uma estação espacial dentro de um asteroide

Neste estudo, apresentamos como estimar a taxa de rotação necessária, presumindo uma estação espacial cilíndrica dentro de um asteroide que está sendo minerado e discutir as implicações decorrentes do estresse substancial do material, dada a taxa de rotação necessária. Estimamos a força necessária do material usando dois modelos analíticos relativamente simples e os aplicamos a asteroides rochosos fictícios, mas realistas, próximos da Terra fictícios.

Thomas Maindl, um astrônomo da Universidade de Viena, liderou o estudo que foi publicado, mas ainda não revisado por pares no arXiv.

A necessidade de uma estação interna em asteroides, e não de superfície, deriva das ideias de que os asteroides têm gravidade insuficiente para manter uma estação de mineração e, mesmo se o fizessem, a falta de atmosfera e campo magnético exporia os trabalhadores à radiação letal. A matemática por trás da proposta certamente a torna viável – Maindl estima que um asteroide de pedra sólida, com pelo menos algumas centenas de metros de diâmetro e girando a uma velocidade muito rápida de uma a três vezes por minuto, criaria gravidade de subsuperfície suficiente para permitir mineiros e suas ferramentas martelarem com segurança os minerais em uma gravidade semelhante a Marte, ou cerca de um terço da da Terra…

A proposta faz sentido, mas irá funcionar?

A fronteira entre ciência e ficção científica aqui está meio embaçada.

Isso não é exatamente um voto de confiança, Dr. Maindl. As espaçonaves que aterrissaram em asteroides até hoje são, em geral, minúsculos robôs projetados para saltar em gravidade extremamente baixa. É assim que se espera que o Osiris-Rex pegue rochas e poeira em Bennu no final deste ano, antes de retornar à Terra. Mas esse não é o tipo de mineração que as mentes gananciosas da indústria pretendem fazer ao aprenderem mais sobre as riquezas minerais que muitos asteroides detêm.

Maindl estima que pode levar décadas até que uma missão para construir uma operação de mineração espacial dentro de um asteroide ocorra. As grandes empresas, sem dúvida, pressionarão por muito mais cedo. Quem precisa de hotéis espaciais quando há ouro e diamantes para serem desenterrados?…

(Fonte)


E quem pode dizer se os ETs já não estejam fazendo a mesma coisa, e nosso sistema solar esteja infestado de “estações espaciais” dentro dos asteroides?