web analytics

Jipe-sonda chinês começa a andar pela face oculta da Lua

Tempo de leitura: 1 minuto
Jipe-sonda chinês começa a andar pela face oculta da Lua

Yutu 2 começou oficialmente a explorar a superfície lunar. Crédito de imagem: CNSA

O veículo explorador pousou na Lua como parte da missão Chang’e 4 da China no início deste mês.

Situado dentro da bacia do Pólo Sul-Aitken, com 2.500 km de largura, o módulo de pouso chinês e o jipe-sonda são os primeiros a aterrissar no inexplorado lado da Lua que sempre aponta para longe da Terra.

Uma imagem recém-lançada (veja acima) mostra o Yutu 2 na superfície lunar, depois de ter descido por sua rampa de saída e andado alguns metros sobre o solo, deixando dois rastros de roda distintivos atrás dele.

O jipe-sonda foi projetado para operar por pelo menos três meses. Ele é equipado com uma câmera panorâmica, um sistema de radar de penetração de solo, um espectrômetro e um analisador de átomos energéticos neutros.

Abaixo está outra foto tirada pelo Queqiao (o satélite relê que orbita a Lua):

(Fonte)

Como já publicado aqui no OH, parte também da missão chinesa na Lua é cultivar plantas para darem sustento a bichos da seda no ambiente espacial.

n3m3