web analytics

Os sons de Marte são escutados pela primeira vez na Terra

Tempo de leitura: 2 minutos
Os sons de Marte são escutados pela primeira vez na Terra

Alguma vez houve vida em Marte? Talvez. Há som por lá? Definitivamente. Na sexta-feira (7), a NASA lançou o áudio do vento de Marte, o primeiro som que foi gravado na superfície de outro planeta. 

O módulo de pouso InSight Mars, da NASA, que aterrissou no planeta vermelho na semana passada, capturou um ruído vibratório que desviava dos painéis solares de 2,15 metros da sonda. 

Os cientistas estimam que o vento noroeste esteja entre 16 a 24 km/h. Um sensor de pressão de ar e um sismógrafo detectaram as vibrações em 1º de dezembro. 

Bruce Banerdt, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, informou em um comunicado à imprensa:

Capturar este áudio foi um prazer não planejado. Mas uma das coisas a que se dedica [a missão InSight] é medir o movimento em Marte e, naturalmente, isso inclui movimento causado por ondas sonoras.

A gravação bruta é um ronronar baixo e quase inaudível. Quando é aumentado duas oitavas, parece uma brisa forte ricocheteando nas paredes de um beco em um dia ventoso.

Jim Bridenstine, administrador da NASA, disse:

Ouvir os primeiros sons já gravados na superfície de outro planeta é um privilégio. Temos uma grande equipe e estamos fazendo coisas incríveis todos os dias na NASA.  

A InSight pousou em Marte em 26 de novembro, depois de sete meses e 480 milhões de quilômetros de jornada. Ele explorará o interior profundo do planeta e analisará a atividade sísmica ou ‘martemotos’. 

Uma nova missão em breve, o jipe-sonda Mars 2020, terá dois microfones a bordo para uma gravação de som mais nítida. 

A NASA tentou sem sucesso ouvir Marte no passado, observa o site Space.com. O Mars Polar Lander, da NASA, carregava um microfone quando caiu em Marte, em 1999. O Phoenix Lander conseguiu pousar com um microfone em 2008, mas os controladores não conseguiram ligar o microfone por medo de que o sistema de pouso entrasse em curto.

Assista o vídeo com o som de Marte:

(Fonte)

Colaboração: Osnir Stremel Jr.


n3m3