web analytics

Russos alertam: Guerra com extraterrestres começou no Ártico

Tempo de leitura: 2 minutos

O artigo abaixo foi publicado no site alien-ufo-sightings.com, e a confiabilidade das informações é difícil de ser constatada. 

Mesmo assim, fica aqui publicado para sua avaliação.

Veja:

Russos alertam: Guerra com extraterrestres começou no Ártico

A vida fora do planeta Terra tem sempre sido um grande mistério para a humanidade e, embora ainda não tenhamos comprovado oficialmente sua existência, há poucos de nós que não acreditam que exista outros mundos com civilizações muito mais avançadas do que a nossa.

Mesmo assim, nesta possível dúvida perpétua, enquanto o contato não é feito oficialmente, uma potência mundial, como a ex-União Soviética já escolheu em 1989 vinte pessoa de 30.000 inicialmente analisadas, todas com habilidades especiais, para tentar avançar no relacionamento com seres extraterrestres.

Isto é alarmante

Esta foi uma forma meticulosa de escolher pessoas com capacidade psíquicas que poderiam descobrir outros seres de mundos diferentes, simplesmente pensando e utilizando outras habilidades.

E aquela investigação não revelou seus resultados, já que muitos segredos e dúvidas foram deixados em alguma gaveta do complexo ‘aparelho’ político russo.

Ao mesmo tempo, a organização altamente influente, Veteran Intelligent Professionals for Health – VIPS (Profissionais Veteranos Inteligentes para a Saúde) alerta o Presidente Trump que uma informação oriunda do “deep state” (estado profundo – [ou oculto]) sobre o Irã pode ser catastrófica.

O Ministério da Defesa (MoD) reporta

O Kremlin sugere que os Estados Unidos, e todo o mundo, pode ter coisas ainda mais importantes para se preocupar, e isto é devido à derrubada da Força Aérea dos Estados Unidos, por um conhecido “aparelho interdimensional” (mais comumente conhecido como OVNI), dentro do Círculo Polar, em 25 de junho de 2018.

Sua força explosiva foi registrada a 2,1 kilotons, e este aparelho foi visto em 4 de agosto entrando na atmosfera terrestre na comunidade autônoma de Khanty-Mansi, na Região Yugra, na Sibéria ocidental, de onde começou a circular o globo até 7 de agosto.

Ele pairou no céu sobre as Filipinas, e depois foi em direção ao Círculo Polar, onde afundou no Mar da Groenlândia para causar um terremoto de magnitude 5,8.

(Fonte)


Se alguém encontrar mais alguma informação que possa respaldar ou mesmo desbancar o que foi relatado acima, sinta-se à vontade em nos informar na área de comentários abaixo, ou enviando um e-mail diretamente para mim, ao n3m3@ovnihoje.com.

n3m3