Israel irá lançar sua primeira nave até a Lua

Tempo de leitura: 2 min.
Israel irá lançar sua primeira nave até a Lua
A SpaceIL e a estatal Israel Aerospace Industries planejam lançar sua nave não tripulada em dezembro, na esperança de se tornar a primeira entidade não governamental a pousar uma espaçonave na Lua. (Eliran Avital)

Israel anunciou terça-feira que vai lançar sua primeira missão lunar em dezembro de 2018, na esperança de se tornar o quarto país a pousar na Lua, seguindo os EUA, Rússia e China.

A SpaceIL e a estatal Israel Aerospace Industries apresentaram a nova espaçonave, que levou oito anos de esforços colaborativos, e US $ 95 milhões para construir a menor aeronave até hoje.

ela mede  com 1,20 m de altura e 1,98 m pés de diâmetro, e será capaz de atingir uma velocidade máxima de 36.000 quilômetros por hora.

O bilionário sul-africano-israelense Morris Kahn, presidente da SpaceIL, que doou US $ 27 milhões para a empresa, ficou extremamente animado:

O lançamento da primeira espaçonave israelense encherá Israel, em seu 70º ano, com orgulho. É uma conquista nacional que nos colocará no mapa espacial do mundo.

O projeto começou quando jovens engenheiros – Yariv Bash, Kfir Damari e Yonatan Winetraub – decidiram construir uma espaçonave e participar da competição Lunar Xprize patrocinada pela Google, que originalmente incluía um prêmio de US $ 20 milhões para o primeiro grupo de competidores a pousar uma espaçonave não tripulada na Lua.

Sua primeira tarefa será plantar uma bandeira israelense na Lua, disseram os organizadores.

Só então embarcará em sua missão científica e começará a tirar fotos e vídeos do local de pouso e a medir o campo magnético da Lua.

A pesquisa, conduzida em cooperação com cientistas do Instituto Weizmann de Ciência em Rehovot, usará um magnetômetro na espaçonave para tentar entender como as rochas da Lua receberam seu magnetismo.

Josef Weiss, CEO da IAI, disse:

Como alguém que pessoalmente trouxe a colaboração com a SpaceIL para a IAI, considero o lançamento da primeira espaçonave israelense para a Lua como um exemplo das incríveis capacidades que podem ser alcançadas na atividade civil espacial. O Estado de Israel, que já está firmemente plantado no espaço em sua atividade militar, deve aproveitar recursos para o benefício do espaço civil, que é um motor de inovação, tecnologia, educação e inovações em todo o mundo.

A nave será lançado através de um foguete da firma SpaceX , de Elon Musk, em dezembro, e deve pousar na Lua em 13 de fevereiro de 2019.

(Fonte)

Colaboração: Osnir Stremel Jr., Lênio


Parabéns a Israel! Tomara que todos esses projetos evoluam e logo estaremos fazendo aquilo que já deveríamos ter feito há muito tempo: utilizar nosso satélite natural para fins científicos, mineração, postos avançados para exploração do espaço profundo, e até mesmo para descarte do lixo nuclear que já geramos aqui na Terra (e é claro, temos que parar de gerar coisas danosas à natureza do nosso planeta para não precisarmos enviar nada para fora).

n3m3 

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

ALGUÉM ESTÁ COLANDO CHAPÉUS DE CAUBÓI NOS POMPOS EM LAS VEGAS

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.