web analytics

NASA confirma missão de drone voador para Marte

Tempo de leitura: 1 minuto

drone voador para Marte

A agência espacial está avançando com seu plano de enviar um drone a Marte dentro de dois anos. O drone, que está em desenvolvimento no Jet Propulsion Laboratory há vários anos, foi projetado para operar de forma autônoma em Marte, sem exigir informações em tempo real de um operador.

Pesando 1,8 kg, o dispositivo tem uma bateria interna capaz de alimentar voos de até dois minutos de cada vez – o suficiente para atingir uma altitude de cerca de 300 metros.

A NASA não tinha certeza se o drone seria ou não enviado para Marte, mas agora parece que na verdade ele estará acompanhando o próximo jipe-sonda quando for lançado em 2020.

Se tudo for de acordo com o planejado esta será a primeira aeronave mais pesada do que o ar a operar em outro planeta.

O administrador da NASA, Jim Bridenstine, disse:

A ideia de um helicóptero voando pelos céus de outro planeta é emocionante. O helicóptero Mars é muito promissor para as nossas futuras missões de ciência, descoberta e exploração em Marte.

O projeto drone foi descrito como sendo de ‘alto risco’ devido à provável possibilidade de falha.

A NASA afirmou:

Se isso não funcionar, a missão Mars 2020 não será afetada.

Se funcionar, os helicópteros poderão ter um futuro real como batedores e veículos aéreos de baixa altitude para acessar locais não acessíveis por viagens terrestres.

(Fonte)

Colaboração: KAM


Desde que foram enviadas sondas para a superfície de Marte, temos sido informados que o ar naquele planeta é muito mais rarefeito do que o daqui na Terra. Se isso for verdade, penso que será muito difícil para esse equipamento se sustentar no ar de forma estável, e é quase certo que o projeto irá fracassar, pelo menos na sua primeira versão.

Mas é assim que se aprende.

Veja abaixo o vídeo demonstrativo do projeto:

n3m3