web analytics

Alguns cientistas acham que a vida alienígena pode ser rara

Tempo de leitura: 1 minuto

Alguns cientistas acham que a vida alienígena pode ser rara

O fósforo, que é criado quando uma estrela particularmente massiva explode em uma supernova, forma a base do DNA e é vital para a transferência e armazenamento de energia em nossas células.

Sem isso, a vida, tal como a encontrada na Terra, não pode se formar.

Em um novo estudo, os cientistas que têm observado os restos de estrelas que explodiram agora acreditam que o fósforo pode ser muito menos comum do que pensávamos. A Terra, argumentam eles, pode ter tido sorte porque estava situada ao lado do tipo ‘certo’ de supernova.

“O caminho para transportar fósforo para planetas recém-nascidos parece bastante precário”, disse Jane Greaves, astrônoma da Universidade de Cardiff.

“Se o fósforo é proveniente de supernovas, e depois viaja através do espaço em rochas meteoríticas, eu estou querendo saber se um planeta jovem poderia encontrar-se com falta de fósforo reativo por causa de onde nasceu? Isto é, começou perto do tipo errado de Super Nova ?”

“Nesse caso, a vida pode realmente ter dificuldade para começar com a química pobre em fósforo, em outro mundo similar ao nosso.”

(Fonte)

Colaboração: Osnir Stremel Jr.


Na verdade, num Universo tão vasto, com trilhões de estrelas (ou quiçá muitas mais), ninguém pode afirmar categoricamente de que a falta de fósforo seja regra por toda essa imensidão. Além disso, os cientistas sempre se baseiam no tipo de vida que eles conhecem, o que pode ser uma minoria entre os tipos de vidas do Universo.

De qualquer forma, como invariavelmente ocorre no mundo científico, este estudo poderá ser desbancado daqui pouco tempo.

n3m3