web analytics

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg

Tempo de leitura: 4 minutos

Veja o que Milner, Musk, Bezos, Bigelow e Zuckerberg têm em comum:

Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg

O bilionário russo Yuri Milner anunciou na conferência da Nova Era Espacial em Seattle seus planos de patrocinar um projeto para enviar naves espaciais à lua de Saturno, Encélado para procurar por vida alienígena. Milner parece mais um de uma tendência recente de bilionários que colocam suas vistas nas estrelas e usam seu dinheiro para ajudar o homem a explorar o cosmos.

Entre o custo do pagamento dos cientistas, a coleta de materiais e a construção de equipamentos de ponta, as viagens espaciais são caras. Mas e quanto àqueles para os quais o dinheiro não é um problema? À medida que a tecnologia continua a avançar e a idéia de viagens espaciais se torna mais realista, um número crescente de cidadãos mais ricos do mundo se envolvem na pressa internacional para explorar o nosso universo, e talvez até encontrar a vida alienígena ao longo do caminho.

Aqui estão cinco dos indivíduos mais reconhecidos (e mais ricos) que competem com a NASA na corrida espacial internacional.

 

Yuri Milner

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg 1

Yuri Milner © The Economist Events / Facebook

Milner anunciou seus planos para financiar uma missão para Encelado, uma lua de Saturno, na conferência New Space Age em Seattle. O bilionário russo é citado em Forbes como o investidor tecnológico mais influente da Rússia. Milner foi um dos primeiros investidores no Facebook e Twitter, e mais recentemente investiu no Spotify e Airbnb.

Hoje, Milner está mais interessado na vida alienígena do que na tecnologia e, na conferência, explicou suas esperanças de enviar uma missão privada a Encelado ‘relativamente logo’ para investigar se os jatos recentemente observados são uma indicação de vida extraterrestre, informou o New Scientist.

 

Elon Musk

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg 2

Elon Musk.

Talvez o nome mais conhecido na lista, Musk é o CEO da SpaceX, uma empresa que projeta, cria e até lança naves espaciais, satélites e foguetes no sistema solar. No entanto, Musk não está tão preocupado com a viagem intergaláctica quanto com a criação de uma colônia em nosso próximo vizinho do sistema solar.

Musk delineou seus objetivos intergalácticos em um artigo publicado em junho de 2017, e sugere que, se tudo for planejado, as naves poderiam começar a voar para Marte em apenas 10 anos.

 

Jeff Bezos

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg 3

Bezos é o fundador da Amazon e tem uma fortuna estimada em US$ 99 bilhões. Ele também quer entrar na corrida espacial e anunciou no início deste ano seus planos para usar alguns de seus bilhões para financiar a pesquisa para levar o homem a Marte e além.

No momento, Bezos está começando pequeno e trabalhando para fazer viagens espaciais acessíveis e realistas. Isso envolve a criação de vôos comerciais para o espaço que são muito mais baratos do que o quarto de milhão de dólares oferecido pela Virgin Atlantic. No entanto, Bezos expressou que, eventualmente, ele gostaria de trabalhar rumo ao objetivo de ter milhões de pessoas vivendo e trabalhando no espaço, informou o New York Times.

 

Robert Bigelow

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg 4

Este bilionário do setor imobiliário é muito aberto com sua crença na vida extraterrestre e se orgulha de ter gastado ‘milhões e milhões e milhões’, mais do que qualquer outra pessoa nos EUA, na busca de provar que os extraterrestres são reais. Bigelow é também o fundador e presidente da Bigelow Aerospace, uma empresa com sede em Las Vegas que trabalha para projetar e criar naves espaciais, tanto para o governo quanto para empresas privadas, nas quais os humanos poderiam viver .

Até agora, a empresa lançou com sucesso duas espaçonaves, a Genesis I e II. Ela também é responsável pelo módulo de atividade expansível Bigelow (BEAM), que agora está anexado ao módulo Tranquility da Estação Espacial Internacional.

 

Mark Zuckerberg

Estes bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg 5

Nem mesmo o criador do Facebook pode resistir ao fascínio de saber o que está além das estrelas. Zuckerberg fez parceria com o Star Shot Project, um projeto destinado a enviar robôs no espaço, para exploração. O projeto foi saudado como o ‘projeto de busca alienígena mais ambicioso de todos os tempos’ e tem o apoio de Stephen Hawking.

Embora o projeto não enviaria seres humanos para o espaço, os robôs tirariam fotografias que seriam enviadas de volta à Terra, permitindo-nos ver o que (ou quem) está escondido nos lugares mais distantes do universo.

As empresas privadas também podem estar na liderança, mas a linha de chegada para esta Corrida Espacial não está muito clara. A primeira iteração foi indiscutivelmente ‘conquistada’ quando Neil Armstrong deu seus primeiros passos na Lua, então esta sequência terminaria quando estabelecermos a primeira base da Lua? Quando um humano andará em Marte? Quando deixamos o sistema solar?…

…As empresas privadas não estão sujeitas aos mesmos processos lentos que muitas vezes bloqueiam os projetos governamentais, e elas podem garantir ou redistribuir o financiamento muito mais rapidamente, se necessário. No entanto, ao contrário de agências como a NASA, elas têm acionistas para serem mantidos felizes e precisam constantemente buscar rentabilidade.

Os dois setores (governamental e privado), portanto, têm uma tremenda oportunidade de ajudar uns aos outros. As empresas privadas podem gerar receita através de contratos governamentais – por exemplo, a NASA contratou a Boeing para transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS) e a SpaceX fechou um acordo com a Força Aérea dos EUA para lançar seu drone secreto. Isso deixa as agências governamentais livres para prosseguirem com o tipo de pesquisa prospectiva e de longo prazo que pode não gerar receita imediata, mas isso pode ser mais tarde simplificado e aprimorado no setor privado. Esses ambiciosos viajantes espaciais estão focados em criar habitats no espaço para que os astronautas ou outros habitem, e gastam milhões para provar que os extraterrestres são reais.

(Fonte)


E estes são só cinco deles, pois há muitos mais.

Com exceção de Bigelow, que teve a coragem de dizer em rede nacional e no horário nobre nos Estados Unidos que os alienígenas existem e estão nos visitando a Terra, os outros ainda não se manifestaram de forma mais incisiva sobre este assunto. Mas é claro, eu aposto que lá no fundo, assim como Bigelow, eles também acreditam na hipótese da visitação extraterrestre à Terra.

Bigelow disse que os ETs já estão aqui. E agora?

Quem diz que só existe a raça humana no Universo, ou não tem alcance intelectual para compreender a grandeza do cosmos, ou é pago para negar isso.

n3m3