web analytics

Cinco novos exoplanetas são encontrados. Agora já são milhares, e o número está aumentado

Tempo de leitura: 1 minuto

Cinco novos exoplanetas são encontrados. Agora já são milhares, e o número está aumentado 1

A estrela K2-138, também conhecido como 2MASS J23154776-1050590 e EPIC 245950175, é uma estrela do tipo K moderadamente brilhante.

É um pouco menor e mais fria que o nosso Sol e hospeda pelo menos cinco planetas maciços: K2-138b, c, d, e, e f.

Os mundos alienígenas são todos entre o tamanho da Terra e Netuno: o planeta K2-138b pode ser potencialmente rochoso, mas os planetas K2-138c, d, e, e f provavelmente contêm grandes quantidades de gelo e gás.

Todos os cinco planetas têm períodos orbitais menores que duas semanas e são incrivelmente quentes, variando de 427-982 graus Celsius.

Os planetas também parecem orbitar sua estrela em círculos concêntricos, formando um sistema planetário bem embalado, ao contrário de nosso próprio sistema solar elíptico e distante.

‘O crédito para esta descoberta planetária vai sobretudo para os cientistas cidadãos – cerca de 10.000 do mundo inteiro – que utilizaram os dados publicamente disponíveis da K2, um seguimento para a missão Kepler Space Telescope da NASA’, disseram os astrônomos…

…A missão Kepler original foi gerenciada principalmente por uma equipe dedicada de cientistas treinados e astrônomos que foram encarregados de analisar dados recebidos, procurar trânsitos e classificar candidatos a exoplanetas. Em contraste, o K2 foi impulsionado principalmente por esforços descentralizados e liderados pela comunidade…

 

(Fonte)

Colaboração: Eduardo B_C


A descoberta de novos planetas fora do nosso sistema solar já se tornou rotineira, e agora até mesmo astrônomos amadores têm acesso aos dados para determinarem a presença desses corpos celestes longínquos.

No caso da descoberta descrita acima, parece ser impossível que haja vida – pelo menos tal como a conhecemos – naqueles planetas. Mas o Universo é tão vasto, que a probabilidade de vida em outros planetas e corpos celestes no cosmos é matematicamente uma certeza.

n3m3