Congresso de Múmias faz declaração oficial sobre as Múmias de Nazca

Como foi prometido em artigos anteriores sobre as supostas múmias de três dedos que têm sido apresentadas pelo site Gaia.com e por Jaime Maussan, aqui está mais uma notícia a respeito da questão, só que desta vez com um posicionamento contrário às alegações de que as múmias sejam anômalas e muito menos extraterrestres.

De acordo com Paul Seaburn, que escreve para os site mysteriousuniverse.org, pesquisadores de múmias do mundo todo, que se reúnem a cada quatro anos para um Congresso Mundial sobre o assunto para discutirem sobre novas tecnologias, etc., coincidentemente se reuniram no Peru para o seu 9º Congresso Mundial sobre Estudos de Múmias.

Um desses pesquisadores, Rodolfo Salas-Gismondi, do Departamento de Paleontologia de Vertebrados do Museu de História Natural de Lima, falou o seguinte em uma entrevista sobre o que viu nas apresentações da Gaia até agora:

declaração oficial sobre as Múmias de Nazca
Museu de História Natural do Peru.

Com base no raio X desta mão e usando a anatomia comparativa básica, eu identifico os ossos que compõem e mostra que: um, a mão é formada por pelo menos dois indivíduos humanos e, dois, que cada dedo tem dois metacarpos humanos – uma aberração anatômica e evolutiva absoluta. Esta não é uma opinião, é o resultado da análise anatômica-comparativa. Essa montagem sem vergonha é a evidência científica que a equipe de Maussan defende como autêntica. Eu simplesmente não consigo suportar uma mentira dessa magnitude através da manipulação de evidências científicas.

Nos últimos meses, a alegada descoberta de “múmias extraterrestres” em nosso país foi divulgada através de uma irresponsável e organizada campanha de desinformação.

Depois de olhar para os raios-X das múmias, o Congresso conclui que:

… restos humanos pré-colombianos – Patrimônio Cultural da Nação – manipulados maliciosamente e até mutilados para obter-se uma aparência “ad hoc” para exploração comercial.

Os membros do Congresso estão irados com esta questão, pois dizem trabalhar duro para impedir o saque e o tráfico de restos humanos, que eles acreditam que é o que está acontecendo neste caso, de acordo com o site mysteriousuniverse.org . O Congresso também vê isso como uma ofensa mais grave:

… o abuso criminal de cadáveres para pequenos fins viola a dignidade humana de maneira profunda. Assim, a exploração de múmias pré-colombianas realizadas por esta organização, ataca e particularmente ofende a Cultura Andina, implicando que suas realizações foram devidas a um suposto “auxílio alienígena”.

Bem, aqui está o outro lado da moeda, contestando o que está sendo apresentado como múmias anômalas. A declaração foi feita pelo Facebook.

Certamente este caso não irá parar por aqui, e se for comprovado que Jaime Maussan e a equipe Gaia.com estão agindo criminalmente, poderá até mesmo ser o fim da carreira de Maussan e muito prejuízo para Gaia.com.  Mas doa a quem doer, a verdade deve ser sempre revelada.

Contudo, é quase certeza que haverá contestações contrárias às do Congresso.  Aguardemos para mais informações, mas certamente, como diz o ditado popular, “a coisa vai feder”. 

E se você perdeu a sequência de artigos a respeito deste caso, clique aqui.

n3m3

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.