web analytics

Se você acha que nasceu no planeta errado, talvez esta seja a solução

Tempo de leitura: 2 minutos

Já havíamos publicado aqui no ano passado sobre Asgardia, a colônia espacial que está recrutando cidadãos. Agora, novas notícias chegam à web sobre esta iniciativa, que talvez seja o lugar de seus sonhos, se você acha que nasceu no planeta errado:

nasceu no planeta errado

A primeira nação espacial deu um passo gigante em direção a se tornar realidade.

Planos para a nação, chamada de Asgardia por seu apoiador bilionário russo, foram delineados por uma ambiciosa equipe de cientistas no ano passado, e agora o país espacial parece estar finalmente pronto para se tornar realidade.

O primeiro satélite de dados da nação está agendado para ser lançado no final deste ano, numa ação que irá pavimentar o caminho para grandes saltos à frente deste programa.

O satélite irá testar o conceito de armazenamento de dados a longo prazo em órbita ao redor da Terra. Este nano-satélite irá pegar carona numa missão de reabastecimento da Estação Espacial Internacional em setembro, de acordo com informações da Comissão Federal de Comunicações dos EUA – sigla FCC em inglês.

Asgardia publicou:

A carga primária é uma unidade de armazenamento SSD. A unidade é carregada em solo com dados, e os dados serão atualizados, uma vez em órbita.

Um arquivo é retornado, o qual verifica o sucesso da transmissão de dados.

Esperançosamente, os dados testarão as tecnologias de comunicação que os cientistas dizem ser “chave para suas metas”.

A equipe, liderada pelo Dr, Igor Ashurbeyli, bilionário e fundador do Centro de Pesquisa Aeroespacial Internacional, desvendou os planos bizarros numa conferência de imprensa em Paris, outubro passado.

O projeto almeja criar uma nova estrutura para a propriedade e nacionalidade, através de seu site na Internet e, até agora, quase meio milhão de pessoas já ofereceram sua fidelidade.

Se você acha que nasceu no planeta errado, talvez esta seja a solução 1

Asgardia terá espaço para acomodar milhares de pessoas.

Asgardia prometeu cidadania para os primeiros 100.000 que se inscrevessem, e disse que aqueles que o fizessem não perderão sua nacionalidade terrestre.

Um dos primeiros desenvolvimentos planejados pela equipe será a criação de um escudo protetor de tecnologia de ponta para toda a humanidade. Isto irá proteger o mundo das ameaças cósmicas à vida na Terra, tanto feitas pelo homem quanto naturais.  Isto inclui lixo espacial, ejeções solares e colisões de asteroides, dizem os pesquisadores.

Então, você está pronto para se tornar um cidadão de Asgardia?

n3m3

Fonte