Diretor do WikiLeaks encontrado morto. Causa ainda não determinada

O diretor do WikiLeaks e fundador do Centro para Jornalismo Investigativo, Gavin MacFadye, morre aos 76 anos. A causa da morte ainda é desconhecida, ou não determinada.

Os seguidores do WikiLeaks se manifestaram de forma incisiva online, questionando as circunstâncias de sua morte, bem como pedindo provas de que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, ainda está vivo.

MacFadyen foi um jornalista investigativo e produtor de filmes pioneiro, que em 2003 fundou o Centro para Jornalismo Investigativo (CIJ), uma organização que ajudou a publicar várias grandes reportagens, e treinou um número de jornalistas proeminentes.  MacFadyen foi uma vez preso junto com o Senador Bernie Sanders.

diretor-wikileaks

O Advogado do WikiLeaks e o Chefe Conselheiro também foram encontrados mortos meses atrás.

O Comitê Nacional Democrata (EUA) está altamente motivado a impedir que o WikiLeaks continue com suas atividades de delação.  Eles pressionaram a Embaixada do Equador a desligar a Internet de Assange.

E o que esta notícia tem a ver com OVNIs?  Quem tem seguido no OH as reportagens sobre o WikiLeaks sabe.

n3m3

Fonte

Colaboração: Sel

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.