web analytics

A procura por vida extraterrestre em outros oceanos da galáxia

Tempo de leitura: 2 minutos

mundos-aquáticosDe repente, saindo do escuro, uma cidade fantasma com torres retorcidas se aproxima por cima do submersível.  À medida que o submarino se aproxima para tirar uma amostra delas, Kevin Hand, membro da tripulação, vê algo de outro mundo: Uma criatura translúcida, similar à uma nave espacial, com seus tentáculos iridescentes pulsando gentilmente ao passar através dos faróis da sonda.

Este não é uma narração de um mundo alienígena, mas poderia ser. Hand é um cientista planetário do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em Pasadena na Califórnia, e um dos poucos selecionados para visitar as chaminés carbonadas da ‘Cidade Perdida’, no fundo do Oceano Atlântico. Este é o local de um ecossistema extraordinário – um que Hand suspeita poderia ser replicado nas luas geladas que orbitam gigantes gasosos distantes. “Na minha cabeça, eu estava dizendo a mim mesmo: isto é como poderia ser por lá”, diz ele.

A lua Europa de Júpiter, e Encelado de Saturno, ambas possuem vastos oceanos escondidos abaixo de suas cascas congeladas.  Como tais, astrobiólogos as consideram nossa melhor aposta para a procura de vida além da Terra. A NASA está planejando missões para descobrir a vida por lá. Mas não teremos que esperar para molhar nossos pés em águas extraterrestres.

encelado

Ejeção da superfície de Encedao deixou os astrobiólogos entusiasmados. NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute

Tendo explorado os ecossistemas extremos no fundo dos nossos próprios oceanos (lugares como a Cidade Perdida, onde a vida é alimentada por nada mais do que a reação entre a rocha e a água) sabemos por o quê procurar agora. A corrida começou para avistar sinais de atividades geotérmicas similares em Europa e Encelado, e assim descobrirmos se realmente estamos sós no Universo.

“Procure por água” tem sido por muito tempo o mantra na procura por vida, e…

n3m3

Fontenewscientist.com