Nick Pope deixa seu parecer a respeito do fiasco dos slides de Roswell

Tempo de leitura: 2 min.
Nick Pope em destaque.  Crédito: Revista UFO
Nick Pope em destaque. Crédito: Revista UFO

O estudioso de OVNIs e ex-funcionário do Ministério da Defesa do Reino Unido, Nick Pope, deixa seu parecer a respeito do fiasco dos slides de Roswell, num artigo publicado no site da Revista UFO:

Agora que algum tempo se passou desde a revelação dos alegados slides de Roswell, o que eu fiz, como alguédm que investigou UFOs para o governo britânico, foi pensar a respeito desse caso, e o que ele indica sobre o atual estado da Ufologia. Meu único envolvimento direto nele foi meu papel como jornalista e divulgador, relatando a história na imprensa em geral. Reconheço que, a respeito dos slides de Roswell, essa era uma história a ser divulgada, portanto entrei em contato com o Daily Mirror, um dos jornais diários da Grã-Bretanha. Fui citado em três histórias de uma série que eles publicaram a respeito do assunto, antecipando a revelação, no momento de sua divulgação, e imediatamente em seguida ao evento na Cidade do México.

Esses artigos do Daily Mirror foram depois republicados por outros veículos da mídia, e a cobertura a respeito do caso se ampliou. Entretanto, a extensão da cobertura de imprensa não chegou de forma alguma ao que foi na época do filme da suposta autópsia alienígena de Ray Santilli, ou outras grandes histórias sobre UFOs, como quando eu divulguei a liberação de novos arquivos ufológicos do governo britânico. E isso é o primeiro destaque que quero fazer. Apesar da enorme quantidade de informações sobre os slides de Roswell em vários sites de Ufologia, fóruns e no Facebook, a cobertura da mídia foi muito pequena. Ou seja, essa foi uma grande notícia na comunidade ufológica, mas não para o público em geral.

O segundo ponto que quero destacar é que ufólogos se vêem frequentemente apanhados na torrente de notícias sobre um assunto, e encontram dificuldade em ter uma visão ampla da matéria. Assim, enquanto aqueles contrários e outros favoráveis aos slides de Roswell debatiam todo tipo de menores questionamentos, poucas pessoas consideraram a grande questão: “Se o governo norte-americano realmente tinha cadáveres alienígenas em sua posse, como estes eram conservados?”. A resposta a essa pergunta, para qualquer um observando os slides de Roswell, é: “Não dessa forma!”.

 

QUESTÕES A SEREM RESPONDIDAS

Trabalhei por 21 anos para o Ministério da Defesa Britânico (MoD), conheço bastante a respeito de como informação altamente classificada é manejada. Se os militares dos Estados Unidos capturaram cadáveres extraterrestres e mantiveram isso em segredo, isso seria tratado como Top Secret, informação sensível compartimentalizada, e tratada de acordo. A história sendo contada sobre os slides de Roswell não faz o menor sentido se vista sob a perspectiva de segurança de informações sensíveis. Isso ilustra bem um ponto fundamental: às vezes vale a pena deixar de lado a busca por respostas a perguntas que já foram feitas, e considerar outras questões que sejam mais úteis de ser perguntadas…

Para ler o restante do artigo, favor acessar o site de origem, clicando no seguinte link: ufo.com.br

n3m3

Colaboração: Fernando Ramos

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.