Estranha ‘rocha’ parece se movimentar em Marte

Tempo de leitura: 2 min.

 

Com base na sequência de fotos, essa pedra parece ter se movimentado na superfície de Marte.  Scott Waring alega em seu vídeo que o que se vê é uma criatura viva.
Com base na sequência de fotos, essa pedra parece ter se movimentado na superfície de Marte. Scott Waring alega em seu vídeo que o que se vê é uma criatura viva.

Scott Waring, do site ufosightingsdaily.com, publicou há 3 anos uma sequência de fotos da NASA mostrando uma estranha rocha que pareceu se movimentar na superfície de Marte.  Agora, ele decidiu fazer um vídeo para melhor ilustrar o ocorrido.

Antes de assistir o vídeo, veja abaixo a sequência de fotos:Rocha-se-movimenta-na-superfície-marciana

Em seu site, Waring escreve:…rochas que são criaturas vidas, mas não como as conhecemos.  Eu lembro há alguns anos (4 a 6), William Rutledge, um astronauta que agora vive em Ruanda, falou sobre sua experiência durante sua missão Apolo 20*.  Ele disse ter visto rochas amarelas vivas num OVNI em forma de charuto que havia sido abandonado na Lua…

(*A Apolo 20, que Waring se refere, é uma alegada missão secreta à Lua, que a NASA diz nunca ter ocorrido.  Há muito material na web sobre o suposto incidente, onde é dito ter sido encontrada uma nave alienígena com um cadáver de ET dentro, bem como mais uma série de outras ‘evidências’ sobre a visitação alienígena à Lua.)

Mas retornado à rocha em Marte, na próxima sequência de fotos, Waring também descobriu que duas rochas menores aparecem misteriosamente em cena, além da rocha maior:

Sequência-de-fotos-mostrando-possível-movimentação-de-rochas-em-Marte

Abaixo, o vídeo, que embora esteja narrado em inglês, pode-se mesmo assim ter uma ideia da sequência de fotos apresentadas e que realmente parece haver uma movimentação na cena:

Fonte: Scott Waring

As fotos originais da NASA podem ser vistas nos seguinte links (a área em questão fica na parte superior das fotos originais):

n3m3

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.