Falha transmissão ao vivo de asteroide que passou ‘próximo’ à Terra

Tempo de leitura: 2 min.
Asteroide
Foto meramente ilustrativa.

Ontem (18/2), milhares de pessoas ficaram ligadas na Internet, na esperança de assistirem um enorme asteroide que estava passando ‘próximo’ à Terra. Mas bem na hora que a enorme rocha espacial se aproximou da órbita do planeta, o website Slooh, que iria transmitir o evento ao vivo, saiu fora do ar.

Aqueles que chegaram a ver a filmagem reclamaram que não puderam distinguir o asteroide, de nome 2000 EM26, e a equipe técnica do Slooh admitiu que não puderam ver muitos detalhes.

Outros reclamaram que as imagens eram monótonas, enquanto um espectador comentou, “Pessoal… isto é astronomia, não um filme de Hollywood”, de acordo com um artigo publicado pelo USA Today.

O Grupo de Astronomia Dubai forneceu fotos da área do céu onde esperava-se que o asteroide seria visto, mas seu movimento não pode ser evidenciado com facilidade.

O objeto ‘potencialmente perigoso’, chegou a 2,6 milhões de quilômetros da Terra às 02h00, horário de Greenwich, em 18 de fevereiro.  Apesar de sua classificação assustadora, os cientistas disseram que o asteroide 2000 EM26, com aproximadamente 270 metros de diâmetro, não apresentou nenhum risco de atingir o planeta. Durante sua aproximação, o asteroide passou a aproximadamente 8,8 distâncias lunares da Terra.

Slooh disse que um bom astrônomo, com um telescópio poderoso o suficiente, poderia ter visto a rocha espacial do conforto de seu quintal.

Continuamos a descobrir estes asteroides potencialmente perigosos – alguns deles somente dias antes de sua aproximação máxima da Terra“, disse o diretor técnico e de pesquisa do Slooh, Paul Cox.

A campanha de pesquisa de asteroide do Slooh está ganhando velocidade com os membros usando os telescópios robóticos Slooh para monitorar esta enorme população de rochas espaciais potencialmente  perigosas.  “Precisamos encontrá-los antes que eles nos encontrem.

A pergunta que não quer calar: Por que, repentinamente, tanto interesse e urgência quanto aos asteroides, se a humanidade chegou até aqui sem maiores problemas?

n3m3

 Fonte das informações: www.dailymail.co.uk

Colaboração: M3NIS

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.