web analytics

SOLID: um instrumento para a detecção de vida extratarrestre está sendo testado

Tempo de leitura: 1 minuto
SOLID

SOLID (Signs of Life Detector, ou Detector de Sinais de Vida).

Uma equipe internacional de cientistas iniciou uma série de testes na base McGill Arctic Research Station, no Ártico Canadense, com o instrumento chamado de SOLID (Signs Of Life Detector, ou Detector de Sinais de Vida).

Trata-se de um dispositivo portátil, baseado em microarrays (“laboratórios-em-um-chip“) de anticorpos, projetado e construído para detectar e identificar os compostos bioquímicos mediante a análise de amostras de solos e líquidos.

O componente principal do SOLID é denominado de LDChuip (Life Detector Chip, ou Chip Detector de Vida), que é um componente com mais de 400 anticorpos para diferentes microorganismos e compostos biológicos, capaz de detectar restos de vida.

Se houver microorganismos em Marte em condições similares às que encontramos no Ártico, poderíamos detectá-los com instrumentos como o SOLID”, diz Victor Parro, cientista responsável pelo projeto, do Centro de Astrobiologia (CAB, CSIC-INTA) na Espanha.

SOLID já foi validado em outras partes da Terra, como no deserto do Atacama, no Chile, e na Ilha Decepção, na Antártica, que são análogos terrestres aos ambientes detectados em Marte.

n3m3

Fonte: cab.inta-csic.es