web analytics

Em 1883, astrônomo mexicano fotografou OVNIs / UFOs ao redor do Sol

Tempo de leitura: 1 minuto
Registro

Registro feito por Bonilla.

Você sabia que já em 1883 houve um registro fotográfico de OVNIs passando pela frente do Sol?

O incidente teria ocorrido na manhã de 12 de agosto de 1883, quando o astrônomo José Bonilla estava no Observatório de Zacatecas, México, observando o Sol e notou um a séria de manchas estranhas que estavam cruzando o disco solar em linha reta.  O astrônomo estimou que a distância das manchas até o Sol não poderia ser maior do que 300 mil quilômetros, o que é 84.000 km a menos do que a distância entre a Terra e a Lua.

Bonilla disse que os objetos eram grandes e circulares, e passavam de dois em dois à frente do disco solar.  O astrônomo decidiu tirar  fotos dos estranhos objetos, enviando-as para publicações científicas da época, mas nenhum astrônomo da época o levou a sério. Desanimado, José Bonilla enviou as fotos à L’Astronomie, de Paris, que as considerou boas, publicando-as nas páginas 347 do volume de 1885.

Leia abaixo seu relato:

“…Às 8h00 do dia 12 de agosto de 1883, comecei a extrair pontos do Sol, quando, de repente, observei um pequeno ponto brilhante que penetrava o campo do telescópio, marcando-se no papel que eu usava para assinalar os pontos.  [Ele] cruzou o disco solar e se projetou como uma sombra quase circular.  Recém havia me recuperado da minha surpresa, quando o mesmo fenômeno se repetiu, com uma frequência tal que no curso de duas horas fui capaz de contar 283 objetos cruzando a face do Sol.”

O avistamento teria durado dois dias, e neste lapso de tempo o astrônomo pode registrar até 447 objetos não identificados cruzando a frente do disco solar.

Após pesquisarmos a Internet, só encontramos a foto ao lado, que aliás é considerada a primeira foto já registrada de um OVNI.

n3m3