Antiga reportagem de TV sobre OVNIs já mostrava como as Forças Armadas do Brasil tradicionalmente abordavam o assunto

Tempo de leitura: < 1 min.
"Havendo telefonemas-de jornalistas ou-curiosos-solicitando-informações-responder-que-não-está-autorizado-a-fornece-las
“Havendo telefonemas de jornalistas ou curiosos solicitando informações responder que não está autorizado a fornecê-las.”

Enquanto esperamos pela decisão do Ministério da Defesa do Brasil quanto a liberação dos documentos secretos relacionados aos OVNIs, mostramos aqui uma antiga reportagem de TV, a qual mostra a mentalidade predominante nas Forças Armadas do Brasil quanto a este assunto, em nome da segurança nacional: “para não causar pânico na população“.

Esperemos que agora, na época em que vivemos, esta mentalidade tenha mudado e que agora os militares aproveitem desta situação única para se projetarem como defensores da verdade, assim colocando o Brasil na posição de liderança dentro deste assunto, que é um dos mais importantes para a raça humana.

Estamos prontos para oficializar a visitação extraterrestre. Ninguém entrará em pânico.

Veja a reportagem:

http://www.youtube.com/watch?v=wopZxCzKFrM&feature=em-subs_digest-vrecs

Fonte do vídeo: MysteriesHunter

n3m3

Colaboração: Murillo Paiva

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.