Telescópio captura imagens de possível formação de planeta em constelação próxima a nós

Tempo de leitura: < 1 min.

Novas fotos do Telescópio Subaru, localizado no topo de Mauna Kea, no Havaí – EUA, mostram o que pode ser o início de um novo planeta, o qual parece estar se formando de partículas de poeira que orbitam a estrela jovem UX Tau A, na nuvem molecular da constelação de touro.  Esta nuvem é o que os cientistas chamam de ‘berçário’ de novas estrelas.

O foto (infravermelha) do disco protoplanetário, à esquerda, tem o raio de 120 unidades astronômicas (cada unidade é igual à distância entre a Terra e o Sol). Na direita, uma renderização artística mostrando como o disco poderia se parecer.

O estudo liberado na segunda-feira (26) por uma equipe de pesquisadores do Observatório Astronômico Nacional do Japão e das universidades japonesas de Kobe, Hyogo e Saitama, sugere que o telescópio tenha capturado imagens de grandes partículas de poeira não esféricas que estão colidindo e aderindo entre si; um processo que levará à eventual formação de um planeta.

A pesquisa é parte do Projeto SEEDS, cuja meta é a de explorar centenas de estrelas próximas à Terra para capturar imagens de planetas que estejam fora de sistemas solares e de discos de poeira, os quais são os estágios iniciais de novos planetas.

n3m3

Fonte: www.naoj.org

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.