Astrônomo brasileiro encontra estrela rara

Tempo de leitura: < 1 min.
Astrônomo brasileiro, Alexandre Roman Lopes, descobridor da estrela WR42e.

O portal Terra Notícias, por intermédio da Folha de São Paulo, divulgou ontem que um astrônomo brasileiro encontrou uma estrela rara, com pelo menos cem vezes a massa do nosso Sol, em meio a mais de 200 bilhões de estrelas da Via Láctea.

A raridade da estrela se deve ao fato dela parecer ter sido “expulsa” da região em que se formou.  Ela se encontra a cerca de 25 mil anos-luz da Terra e apesar de grande, ela é nova em termos galácticos: tem apenas 1 milhão de anos.

Contudo, os cientistas dizem que sua vida será curta, pois quanto maior uma estrela, mais rápido ela consome o combustível de seu núcleo.

O autor da descoberta é o pesquisador brasileiro da Universidade de La Serena no Chile, Alexandre Roman Lopes, que é especialista em encontrar esses gigantes espaciais.

É como encontrar um grão de areia especial no meio de uma praia inteira“, disse Lopes.

Batizada de WR42e, a estrela descoberta provavelmente possui elementos químicos essenciais à formação e desenvolvimento da vida como a conhecemos. E, na explosão que marca a morte das grandes estrelas, eles deverão se espalhar pelo espaço. Por isso, segundo o astrônomo, a descoberta pode ajudar no entendimento de como se dá a evolução da nossa própria galáxia.

n3m3

Fonte:  Terra Notícias

Colaboração: Ale Baiano

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.