Cientistas chineses vão à Antártica para procurar por vida extraterrestre

Tempo de leitura: < 1 min.
Instalação do primeiro telescópio chinês no continente Antártico.

Cientistas chineses estão convencidos que logo a humanidade encontrará sinais de vida em outros planetas, e é por isso que lançaram um projeto espacial com a instalação de telescópios no continente Antártico.

O plano está sendo desenvolvido pelo Centro de Astronomia Antártica da China.  Seu diretor, Wang Lifan, declarou que “é muito possível que a humanidade encontre um planeta que apresente tais condições [de abrigar a vida tal como a conhecemos] nos próximos anos“.

O cientista explicou que primeiro se realizará uma “observação das principais sequências de estrelas, fixas em sua maioria.  Depois analizaremos cuidadosamente aqueles planetas que estão à uma distância apropriada de sua estrela.  Também investigaremos estrelas menores e menos brilhantes que o Sol, chamadas de anãs“.
Para isso, se instalará um sistema de telescópios no “continente branco” que estará conectado a um megaordenador. Este “ajudará na análise da enorme quantidade de informação de campo e a transmitirá em pequenas doses por intermédio de um satélite“, disse Lifan.

O primeiro destes telescópios (AST3-1) já foi instalado, e espera-se que o dois restantes sejam colocados em 2014 e 2015, respectivamente.

Estes telescópios nos ajudarão a encontrar pelo menos 100 estrelas parecidas com o Sol.  Trabalharemos com o cientistas australianos para estudar o movimento das estrelas e calcular seus tamanhos“, completou Lifan.

n3m3

 

Fonte: www.lanacion.cl

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.