Jill Tarter – SETI: “Os alienígenas na ficção científica são mais parecidos conosco do que com eles mesmos”

Tempo de leitura: < 1 min.

A primeira vez que fizermos contato com os ETs, eles não serão as bestas dentuças do fundo do espaço, obcecados com a idéia de comer, ou escravizar a raça humana“, diz uma das mais experientes caçadoras de alienígenas da Terra.

Os desafios tecnológicos envolvidos em viagens mais rápidas do que a velocidade da luz, significariam que os alienígenas são tão desenvolvidos que não precisariam escravos, e provavelmente teriam suas próprias maneiras de fabricar seus alimentos.

Muitas vezes, os alienígenas na ficção científica são mais parecidos conosco do que com eles mesmos“, disse Jill Tarter, que no dia 22 de maio passado pediu demissão do cargo de Diretora do Centro para Pesquisa pela Inteligência Extraterrestre – SETI, como foi publicado aqui no OVNI Hoje.

Se o alienígenas fossem capazes de visitar a Terra, isso significaria que eles teriam capacidade tecnológica sofisticada o suficiente  para não precisar de escravos, comida, ou outros planetas.  Se eles viessem aqui, seria somente para explorar.  Considerando a idade do Universo, nós provavelmente não seríamos o primeiro encontro extraterrestre deles.  Devemos considerar filmes como ‘Homens de Preto III’, ‘Prometheus’ e ‘Battleship‘ como ótimo entretenimento e metáforas de nossos próprios medos; mas não deveríamos considerá-los como anunciadores de visita alienígena“, afirma Tarter.
Coincidentemente, esta tem sido por muito tempo a convicção deste seu humilde editor do OVNI Hoje.

n3m3

Fonte das informações: www.dailymail.co.uk
Colaboração: Cláudio Oliveira

 

 

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.