Motor ionico pode chegar à Lua com 0,1 litros de combustível

Tempo de leitura: < 1 min.

”]Veja abaixo a reportagem publicada pelo site www.inovacaotecnologica.com.br:

Motor econômico

Que tal enviar uma sonda espacial da Terra à Lua gastando um décimo de litro de combustível?

É o que prometem engenheiros da Escola Politécnica de Lausanne, na Suíça.

Eles apresentaram o primeiro protótipo de um motor-foguete ultracompacto cujo objetivo declarado é “reduzir drasticamente o custo da exploração espacial”.

O motor inteiro, incluindo combustível e controle eletrônico, pesa 200 gramas e foi projetado especificamente para impulsionar satélites e sondas espaciais de pequeno porte.

O motor é a primeira peça de um satélite-gari para limpar o lixo espacial, cuja construção foi proposta há cerca de um mês.

Ele também será usado em uma constelação de nanossatélites que a Alemanha está construindo para gravar sinais de rádio de frequência ultrabaixa no lado oculto da Lua.

Liberdade para os satélites

Com a miniaturização dos equipamentos, os nanossatélites caíram no gosto dos cientistas porque seu custo de fabricação e de lançamento é muito mais baixo do que um satélite convencional.

Seu grande inconveniente é justamente a falta de propulsão, o que limita sua capacidade de coleta de dados científicos de elevada precisão.

“Até agora, os nanossatélites ficam travados em suas órbitas. Nosso objetivo é torná-los livres,” disse Herbert Shea, coordenador do projeto.

Para ler o restante da reportagem, favor acessar o site de origem, clicando no seguinte link: www.inovacaotecnologica.com.br

n3m3

Colaboração: Melias

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.