Em 2013, asteróide passará entre a Terra e nossos satélites artificiais

Tempo de leitura: < 1 min.

”]Uma equipe de astrônomos amadores espanhóis descobriu um asteróide incomum, batizado de “2012 DA14”, no último dia 22 de Fevereiro. Por ser muito pequeno e ter uma órbita incomum, ele só foi visto depois de ter passado pela Terra, a uma distância de cerca de sete vezes a distância da Lua. No entanto, as previsões indicam que ele vai voltar no ano que vem. E, nesta sua próxima passagem, prevista para 15 de Fevereiro de 2013, ele passará a apenas 24.000 km da Terra – mais perto do que a maioria dos satélites artificiais de comunicação.

Um cálculo preliminar da sua órbita mostra que o 2012 DA14 tem uma órbita muito parecida com a da Terra, com um período de 366,24 dias, apenas mais um dia que o nosso ano terrestre, e ele ‘salta’ para dentro e para fora do caminho da Terra duas vezes por ano,” explica Jaime Nomen, um dos descobridores do asteróide.

Distância segura, mas monitorada

Apesar da grande aproximação na próxima passagem, a agência espacial europeia (ESA) afirma ser uma distância segura, mas que requer um acompanhamento.

Para ler o restante do artigo, favor acessar o site de origem da notícia: www.inovacaotecnologica.com.br

n3m3

Fonte: www.inovacaotecnologica.com.br

Colaboração: Fernando Ramos

 

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.