Se os ETs estão aqui, por que não ajudam restaurar a Usina de Fukushima?

Tempo de leitura: 2 min.
Timothy Good.

De acordo com o site The Canadian, em entrevista no programa Opinionated de Frank Skinne, da BBC2 o pesquisador Timothy Good disse que por muitas décadas os governos ao redor do mundo têm mantido contato regular com alienígenas.  Isto foi recentemente publicado no site do jornal britânico Mail Online , que é publicado pela Associated Newspaper Ltd.

Aparentemente Timothy Good obteve essas informações de fontes confiáveis dentro desses governos.

Então, se esse for o caso, por que não estamos vendo algumas destas ‘tecnologias alienígenas’ sendo usadas para ajudar a recuperar Fukushima especificamente, como também outros problemas ambientais sistemáticos?

A pesquisa do Dr. Michael Salla fornece a reposta para este cenário.

O Dr. Salla confirma que certas raças de extraterrestres tem assinado acordos com grupos governamentais secretos dedicados aos assuntos extraterrestres, e esse grupos têm até mesmo trabalhado em um número de projetos com os ETs.

Salla ainda afirma que o extensivo número de acordos integrados entres estas raças e o ‘governo oculto’ nos EUA, bem como em outros lugares, sugere a existência  de um complexo militar/industrial/extraterrestre de interesses.  O complexo de interesses (MIEC em inglês) atualmente controla a maioria das informações a respeito da presença extraterrestre e domina as instituições governamentais, os interesses financeiros e a imprensa corporativa ao redor do planeta, em também é responsável por problemas sistêmicos globais.

De acordo com o ex-chefe de contra inteligência dos EUA, Coronel Corso, alienígenas regressivos estão envolvidos nos acordos com a administração do ex-presidente dos EUA, Dwight D. Eisenhower, acordos esses que são considerados por alguns oficiais militares como uma forma de ‘rendição negociada’, onde os alienígenas regressivos ganharam permissão para abduzir civis e expandir seus programas biológicos.

O Dr. Salla vai mais além, dizendo que os alienígenas que estão abduzindo os humanos estão sendo “supervisionados” por outro grupo de alienígenas regressivos que é: “muito ativos no controle das elites humanas, dos sistemas institucionais financeiros; na promoção do militarismo e na criação de um clima de escassez e insegurança.

Em outras palavras, a tecnologia alienígena não está sendo usada para o bem da humanidade, mas sim para instigar e perpetuar os problemas ambientais, bem como os abusos dos direitos humanos e injustiças sociais.

O Dr. Michael Salla ainda sugere que a tecnologia alienígena não está sendo usada para ajudar Fukushima, porque a destruição da Terra é parte da agenda alienígena, com a qual os governos estão colaborando.  Salla baseou-se nas alegações de Timothy Good em ter obtido informação interna de fontes oficiais.

O estabelecido jornal britânico, The Mail, publicou a representação oficial de Timothy Good, após fazer uma exame minucioso da confiabilidade de seus contatos.

Com base no ponto de vista do Sr. Good, aparentemente as elites escolheram colaborar com os alienígenas regressivos, mesmo que isso signifique prejuízo para os outros humanos.

Para o Dr. Salla, a situação de Fukushima está em consonância com um evento tecnologicamente planejado por alienígenas, que foi projetado para piorar a situação de nosso planeta, de acordo com a agenda da Nova Ordem Mundial.

O primeiro livro de Timothy, Above Top Secret: The Worldwide UFO Cover-up (1987), tornou-se um bestseller instantâneo, e é considerado como a palavra final no assunto, junto com o livro completamente revisado e atualizado que o substituiu, Beyond Top Secret: The Worldwide UFO Security Threat (1996), que ainda permaneceu por cinco semanas na lista de bestsellers do Sunday Times.

O OVNI Hoje publica aqui esta e qualquer outra matéria, meramente como informação, e não necessariamente subscreve às idéias e declarações da fonte da notícia.

n3m3

 

Fonte das informações: The Canadian

 

 

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.