A voz do robô de ‘Perdidos no Espaço’ silencia para sempre

Tempo de leitura: < 1 min.
Dick Tufeld e robô.

Quem lembra da frase “PERIGO, PERIGO, WILL ROBINSON”?

Aqueles que cresceram nos anos 60 e 70, devem lembrar.  Esta era a frase repetida pelo robô em praticamente todos os episódios de “Perdidos no Espaço”, que foi exibido nos EUA entre 1965 e 1968.

A voz original era do ator estadunidense Dick Tufeld, que morreu em um hospital de Los Angeles, aos 85 anos. Seu parceiro no robô, Bob May, responsável pelos movimentos do personagem, havia morrido há três anos, em janeiro de 2009.

A notícia da morte de Tufeld foi trazida ao público na página do Facebook de seu colega de elenco, Bill Mummy, o qual interpretava o menino Will Robinson.  Mummy disse que Tufeld morreu em paz e “se reuniu à sua esposa”, a qual já morreu há alguns anos.

Para quem não conhece a série original “Perdidos no Espaço”, clique no seguinte link e conheça mais: http://www.infantv.com.br/perdidos.htm

Descanse em paz:

Fonte do vídeo: timtomp

n3m3

Fonte: oglobo.globo.com

Colaboração: Jussara

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PESSOAS MISTERIOSAS COM OSSOS INQUEBRÁVEIS

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.