Pegada de gigante pode mudar nossa história

Tempo de leitura: < 1 min.
Esta pegada pode indicar que nossa história esteja errada.

Obviamente, esta reportagem não é relacionada ao nosso tema favorito, mas serve para mostrar que, talvez e muito provavelmente, uma boa parte do que aprendemos sobre nossa história esteja errado.

A pegada mostrada na foto, supostamente fossilizada em granito, se comprovada verdadeira, pode mudar nossa história.

Veja abaixo parte do texto publicado junto ao vídeo no YouTube, e logo após, assista o vídeo:

Michael Tellinger mostra o que poderia ser uma das melhores evidências de que gigantes habitavam nosso planeta na antiguidade.

Geólogos têm examinado esta pegada gigante em granito bruto, que mede aproximadamente 1,20 m, encontrada na África do Sul.  Alguns deles ainda alegam que se trata de um padrão de erosão natural, contudo, parece ser altamente improvável. 

O Prof. Pieter Wagener da UPE (University of Port Elizabeth) sugere que “há uma probabilidade maior de pequenos homens verdes terem vindo do espaço e esculpido a formação com suas línguas, do que a pegada ter sido criada por erosão natural“.

A pegada está localizada na África do Sul, próxima à cidade de Mpaluzi, perto da fronteira com Swazilândia.  Estima-se que ela tenha entre 200 milhões e 3 bilhões de anos…

Esta espetacular pegada foi descoberta em 1912 por um caçador chamado de Stoffel Coetzee.  Na época esta área muito remota era conhecida como Transvaal Oriental, e era repleta de vida selvagem, inclusive leões.  Ela ainda permanece nas mesmas condições de quando foi descoberta e a possibilidade de que [a pegada] tenha sido esculpida por alguém, devido à sua localização, é remota.  Ainda hoje é difícil de se chegar até a área…

Veja o vídeo:

Fonte do vídeo: Michaeltellinger

n3m3

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.